Arrependimento

Ilustrador da Marvel se desculpa por apoio à agressão contra Greenwald

Joe Bennet, ilustrador com passagens pela Marvel e DC, comemorou atitude de Augusto Nunes ao agredir o jornalista Glenn Greenwald, recebendo críticas

Rostand Tiago
Rostand Tiago
Publicado em 08/11/2019 às 9:47
Notícia
Foto: Reprodução
Joe Bennet, ilustrador com passagens pela Marvel e DC, comemorou atitude de Augusto Nunes ao agredir o jornalista Glenn Greenwald, recebendo críticas - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

Após comemorar, em suas redes sociais, a agressão cometida por Augusto Nunes contra o jornalista Glenn Greenwald, o ilustrador paraense Joe Bennett, com trabalhos publicados em editoras como a Marvel e DC, pediu desculpas pelo ato. Em carta direcionada ao jornalista, seu marido, o deputado federal David Miranda e aos filhos do casal, Bennet, recentemente destacado por seu trabalho em The Immortal Hulk, se disse levado "pelo calor do momento" e que "comemorar a agressão de qualquer pessoa, ainda mais um excelente pai e um bom marido, não é motivo de qualquer orgulho ou vibração".

Anteriormente, Bennett havia feito um post em que exaltava a atitude de Nunes. "Augusto Nunes seu caboclo foda! Esse tapa foi meu também! Devia ter dado era um soco!!", dizia a publicação. Fãs de quadrinhos questionaram a Marvel e a Comic-Con Experience sobre manter um colaborador que defende a violência física. Nas redes sociais, foi pedida a retirada de sua presença na Comic-Con Experience.

Leia texto

A Agressão

Após ser chamado de covarde pelo jornalista Glenn Greenwald, o também jornalista Augusto Nunes agrediu o americano com uma tapa no rosto durante o programa Pânico, da rádio Jovem Pan. Tudo aconteceu ao vivo, na última quinta-feira (07), durante o programa Pânico!.

Segundo a colunista da Folha de S.Paulo, Mônica Bérgamo, Glenn Greenwald foi convidado para participar do programa, mas não sabia que Nunes estaria lá. Ao chegar, o americano lembrou que Augusto "usou" seus filhos para criticar o fundador do site The Intercept e seu marido, o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ).

Em resposta, Augusto Nunes falou que sua fala seria apenas um comentário humorado. Após isso, Greenwald passou a chamá-lo repetidamente de covarde até que foi agredido.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias