RIO DE JANEIRO

Temer diz que Rio receberá até R$ 800 milhões

Segundo Michel Temer, o valor para as ações da intervenção no Rio de Janeiro deve ficar entre R$ 600 e R$ 800 milhões

Julia Aguilera
Julia Aguilera
Publicado em 19/03/2018 às 15:53
Foto: Agência Brasil
Segundo Michel Temer, o valor para as ações da intervenção no Rio de Janeiro deve ficar entre R$ 600 e R$ 800 milhões - FOTO: Foto: Agência Brasil
Leitura:

O presidente Michel Temer disse nesta segunda-feira (19) que a verba para ações da intervenção na segurança do Rio de Janeiro deve ficar entre R$ 600 e R$ 800 milhões. Segundo o presidente, os valores serão liberados via medida provisória que deve ser editada ainda esta semana, possivelmente quarta-feira (21). Temer disse ainda que o Ministério Extraordinário da Segurança Pública deve receber um aporte de R$ 3 bilhões.

As declarações do presidente foram feitas a jornalistas convidados para almoço após cerimônia de abertura do Fórum Mundial da Água no Palácio do Itamaraty, e confirmadas ao Broadcast pela assessoria da Presidência.

Nesse domingo (18), o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, já havia informado que o governo irá publicar medida provisória para abrir crédito extraordinário à segurança pública do Rio. O ministro não citou o valor total, mas afirmou que deve ultrapassar R$ 1 bilhão.

Nesta segunda pela manhã, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, destacou, em entrevista à Rádio CBN, a relevância do projeto que trata da reoneração da folha de pagamento das empresas como fonte de recursos para projetos prioritários, inclusive para a segurança do Rio de Janeiro. O projeto está em tramitação no Congresso.

Meirelles afirmou também que despesas relacionadas à União ou ajudas mais específicas estão sendo agora avaliadas. As Forças Armadas, de acordo com ele, ainda não deram um número. "Mas o ministro (Dyogo Oliveira) indicou ontem que isso pode ser na casa de R$ 1 bilhão, mas são ainda avaliações preliminares. Não tem ainda uma definição clara", ponderou o ministro da Fazenda.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias