Rússia 2018

Zagueiro da Alemanha tenta justificar eliminação na Copa

Para Hummels, equipe apresentou problemas desde a preparação

JC Online
JC Online
Publicado em 27/06/2018 às 14:58
Fifa/Divulgação
Para Hummels, equipe apresentou problemas desde a preparação - FOTO: Fifa/Divulgação
Leitura:

Alemanha chegou à Russia como uma das grandes favoritas à taça. Além do título mundial, atropelou a seleção brasileira na semifinal, vencendo por 7x1. Surpreendentemente, porém, acabou eliminada na fase de grupos ao perder para a Coreia do Sul, por 2x0, nesta quarta-feira (27). A partida aconteceu em Kazan, pela terceira rodada da Chave F. Ainda procurando justificativas para o que aconteceu, o zagueiro Matts Hummels apontou a fragilidade da preparação como um dos sinais de que há muitos problemas a serem resolvidos na tetracampeã mundial.

"Foi um pouco sintomático o que vivemos aqui (na Copa da Rússia). Temos que melhorar em alguns pontos, mas vamos nos reunir para fazer isso. Eu não vou falar disso publicamente (sobre os pontos a melhorar). Vimos também que nos jogos-testes tivemos alguns problemas, apesar de termos feito partidas mais convincentes. Tivemos jogos em que fomos bem em 2017, mas agora vimos que acertaram a nossa ferida", comentou o defensor, em entrevista ao SporTV.

Para o jogador, a eliminação da atual campeã mundial da Copa da Rússia começou na estreia com derrota, por 1x0, diante do México. "Houve problemas nos três jogos. O problema não foi só o jogo de hoje. Eu acho que, contra o México, já estava mais claro. Hoje o jogo não era fácil, mas nós temos visto que, na Copa, nenhuma das grandes seleções teve um grande resultado. Todos os favoritos tiveram dificuldades contra os times menores porque eles jogam mais defensivamente. Foi um pouco o caso de hoje", analisou Hummels.

LANTERNA

A Alemanha se despediu da 21ª edição da Copa na lanterna do grupo F, com três pontos. Foram Duas derrotas (contra México e Coreia do Sul) e uma vitória (diante da Suécia). Os classificados às oitavas de final do grupo alemão foram Suécia e México, que avançaram com seis pontos, cada. Os suecos, porém, passaram em primeiro por terem uma saldo de gols superior (3x-1).

Últimas notícias