Emoções

Técnico do Náutico reclama de clássico logo na estreia da Série C

'Não vejo vantagem nenhuma', afirmou Roberto Fernandes

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 12/04/2018 às 17:01
Alexandre Gondim/JC Imagem
'Não vejo vantagem nenhuma', afirmou Roberto Fernandes - FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

O retorno do Náutico para a Série C após quase 20 anos será logo com um Clássico das Emoções. Neste domingo (15), o Timbu enfrenta o Santa Cruz, na Arena de Pernambuco, pela primeira rodada do Grupo A. Começar logo com um clássico, por sinal, não agradou o técnico Roberto Fernandes.

"Não vejo vantagem nenhuma, mas também não vou questionar porque não adianta. Clássico é aquele jogo que todo mundo espera. Aí agora vamos começar com um. Problema de quem fez a tabela", afirmou o treinador do Náutico, que acredita que o Santa Cruz, pelo tempo parado após ser eliminado nas quartas do Estadual e conseguir a classificação pro mata-mata da Copa do Nordeste, chega mais pronto que o Timbu.

"Acho que o Santa chega mais inteiro e treinado do que foi no Estadual. Estão há duas semanas ou 10 dias se preparando, enquanto nós vivemos uma sequência de maratonas. Para vocês terem uma ideia, só vou dar um treino com o time que vai jogar no domingo. Já o adversário está treinando fisicamente e taticamente, além de estar corrigindo os erros", complementou.

SEM DESCULPAS

O pouco tempo para treinar, porém, não vai servir de justificativa para um possível revés do Timbu em casa contra o rival. Pelo menos é o que garante o comandante alvirrubro. "Não é desculpa de absolutamente nada. O Náutico vai entrar para estrear na Série C com o resultado que interessa para iniciar bem a caminhada", disse.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias