Experiência

Josa quer usar título paulista com o Ituano como incentivo ao Náutico

Volante foi o capitão do Ituano na conquista do Campeonato Paulista, em 2014

Fernando Castro Fernando Castro
Fernando Castro
Fernando Castro
Publicado em 17/04/2019 às 16:03
Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
Volante foi o capitão do Ituano na conquista do Campeonato Paulista, em 2014 - FOTO: Léo Lemos/Clube Náutico Capibaribe
Leitura:

Capitão do Ituano no título do Campeonato Paulista em 2014, o volante Josa quer usar a conquista como um incentivo a mais para o Náutico na decisão do pernambucano contra o Sport. Naquela oportunidade, o time do interior paulista foi campeão batendo o Santos nas penalidades (Josa converteu uma delas), dentro do estádio do Pacaembu.

"Do Ituano eu trago coisas boas, lá eu tava em um time do interior, considerado pequeno e a gente tinha essa vontade de servir até de inspiração, foi o jogo da nossa vida. Aqui eu encaro da mesma forma, é uma final e é um clássico, se a gente ganhar esse clássico, terá várias consequências boas para a gente e vamos em busca disso, em busca de coisas boas, é a final, queremos ser bicampeões", comentou o volante.

Com o Náutico em desvantagem, já que perdeu o primeiro jogo da final do Campeonato Pernambucano para o Sport, Josa traz a comparação, guardada as devidas proporções, as dificuldades do Ituano ter sido campeão em cima do Santos em 2014. De acordo com o volante alvirrubro, o elenco do Timbu tem que estar consciente do que fazer na Ilha do Retiro para buscar o bicampeonato estadual.

“A gente tem a consciência que a gente está na desvantagem, mas não é uma desvantagem que não dá para reverter lá dentro da Ilha. Cada final é uma final, jogar contra o Santos era uma desvantagem para a gente, por ser um time do interior. O mais importante é a gente estar consciente do que temos que fazer lá dentro, temos que ganhar, outro resultado não interessa para a gente, sabemos disso e vamos para conquistar a vitória e consequentemente em busca do título", disse Josa.

CONSEQUÊNCIAS

De acordo com Josa, o título paulista com o Ituano, devido as dificuldades, foi o principal de sua carreira. Atualmente com 34 anos, o experiente volante alvirrubro comentou sobre as consequências que um título pode trazer na carreira de um jogador. Com o elenco do Náutico formado por bastantes atletas da base, Josa usa da experiência para alertar os jogadores mais jovens.

"Mudou muita coisa, particularmente é o título mais importante que eu tenho na carreira, então muda muita coisa, muda a visão em torno de você. Você pode conseguir algo melhor na frente depois de um título, um contrato melhor, outra visão de treinadores e torcedores, porque campeão é o topo, todo mundo vai estar em volta te olhando, o Brasil inteiro olha nos estados quem está na final, quem foi campeão, então isso vale muito para gente", destacou.

Últimas notícias