Reviravolta

Camutanga supera 2018 ruim para ser protagonista do acesso

Jogador foi um dos nomes mais exaltados pela torcida na atual temporada

Fernando Castro Fernando Castro
Fernando Castro
Fernando Castro
Publicado em 08/09/2019 às 21:00
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
FOTO: Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

De “Bicho Burro” ao “Melhor Zagueiro do Brasil”. Em duas temporadas defendendo o Náutico, Camutanga viveu extremos no clube. Uma reviravolta escrita como em um roteiro de cinema. Com muita humildade e trabalho, o jogador superou as críticas da própria torcida e se tornou um dos principais jogadores do time na caminhada para o acesso à Série B. Se há pouco mais de um ano era chamado de forma grosseira pelo treinador Roberto Fernandes, o zagueiro teve um dos nomes mais exaltados pelos torcedores na conquista.

Foto: Marcio Carvalho/Cortesia
- Foto: Marcio Carvalho/Cortesia
Foto: Marcio Carvalho/Cortesia
- Foto: Marcio Carvalho/Cortesia
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
- Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
- Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

MAUS MOMENTOS 

Depois do título do Campeonato Pernambucano do ano passado, o jogador passou por episódios negativos no Náutico. O início da temporada não foi bom, com atuações irregulares. Mas o defensor voltou a ganhar confiança e regularidade no time, sendo um dos atletas do elenco que mais atuou na Série C, com 17 partidas. Pernambucano de 25 anos, Cleidson, ou Camutanga, como prefere, faz questão de carregar no futebol o nome de sua cidade natal, município localizado na Zona da Mata do Estado, com menos de dez mil habitantes e a 120 km de distância do Recife.

“Camutanga é uma pessoa que me dá um orgulho muito grande pela personalidade que ele tem e pela valorização que ela dá a origem dele. Em algum momento isso foi ironizado e ele manteve o nome da cidade, nunca se abateu com as críticas, injustas, diga-se de passagem. Sempre trabalhou demais e esperou o momento dele. Nunca respondeu a ninguém e entrou em conflito, é um rapaz humilde, muito trabalhador e muito bom jogador”, comentou o vice-presidente do Náutico, Diógenes Braga, em entrevista ao JC.

Hoje com a confiança da torcida, Camutanga sempre foi defendido pela diretoria de futebol do Náutico. O vice-presidente alvirrubro ainda fez questão de citar o merecimento do jogador pelo bom momento que vive. “Eu sempre acreditei muito nele, por isso que lá trás, quando ele foi criticado, eu saí em defesa e não me surpreende o bom futebol dele e principalmente o reconhecimento da torcida pelo momento. Ele merece, porque ele é muito bom jogador, muito boa pessoa e absurdamente trabalhador. O reconhecimento da torcida é fruto do que ele plantou e eu fico muito feliz por ele. É um zagueiro nível Série A”, acrescentou Braga. (F.C)

Últimas notícias