seleção brasileira

Matheus Cunha projeta sonho de disputar os Jogos Olímpicos de Tóquio

O atacante Matheus Cunha foi o grande destaque do Pré-Olímpico. Artilheiro com 5 gols marcados, o paraibano sonha com a disputa dos Jogos de Tóquio

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 10/02/2020 às 12:48
Notícia
Lucas Figueiredo/CBF
O atacante Matheus Cunha foi o grande destaque do Pré-Olímpico. Artilheiro com 5 gols marcados, o paraibano sonha com a disputa dos Jogos de Tóquio - FOTO: Lucas Figueiredo/CBF
Leitura:

A seleção brasileira masculina de futebol enfim está classificada para as Olimpíadas e buscará em Tóquio-2020 a bicampeonato com uma ajuda especial, que tem origens pernambucanas. Trata-se do atacante Matheus Cunha. Natural de João Pessoa, na Paraíba, o jovem de 20 anos iniciou sua carreira no Recife, onde frequentou as aulas de futsal no Sport e no CT Barão. Foi na capital do Estado que ele ganhou notoriedade nacional e conseguiu ser transferido para o Coritiba. Pouco depois, seguiu para o futebol europeu. Matheus foi um dos destaques da seleção brasileira que garantiu a vaga nos Jogos de Tóquio na noite do domingo, quando venceu a Argentina por 3x0 - marcou dois gols na partida decisiva. Ele também foi o artilheiro da competição com cinco gols marcados e agora projeta a disputa olímpica no continente asiático, entre os dias 22 de julho e 8 de agosto.

Informações dos bastidores dão conta que Matheus certamente será convocado para os Jogos de Tóquio, mas há uma observação no futuro do jogador. Destaque do Pré-Olímpico, o atacante despertou o interesse de Tite e pode reforçar a seleção principal na Copa América, entre 12 de junho e 12 de julho. Por conta da proximidade das competições, ele só ficará disponível para um dos eventos.

NO FUTEBOL ALEMÃO

Atualmente, o atacante está no futebol alemão. Passou pelo HB Leipzig entre 2018 e 2020 e  veste a camisa do Hertha Berlim e, na semana passada, foi negociado para o Hertha Berlim.

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias