olímpicos

Dirigente diz que Rússia participará dos próximos Jogos Olímpicos

Depois da série de irregularidades em testes antidoping, a Rússia foi suspensa pela Wada. O país voltará a participar dos Jogos em 2020

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 12/12/2018 às 14:52
Divulgação
Depois da série de irregularidades em testes antidoping, a Rússia foi suspensa pela Wada. O país voltará a participar dos Jogos em 2020 - FOTO: Divulgação
Leitura:

A Rússia estará presente nos próximos Jogos Olímpicos. Isso é o que garante o presidente do Comitê Olímpico Russo (ROC, na sigla em russo), Stanislav Pozdniakov, em entrevista coletiva nesta quarta-feira, em Moscou, após apresentar o programa de preparação dos atletas para a Olimpíada de Inverno de 2022, que será realizada em Pequim, na China.

"Trabalhamos constantemente no aperfeiçoamento da cultura antidoping no país. Tenho certeza que todas nossas iniciativas em relação a esse tema vão permitir que nossos atletas participem plenamente dos próximos Jogos", completou o dirigente Os próximos Jogos Olímpicos serão os de Verão em Tóquio, no Japão, em 2020.

BANDEIRA NEUTRA

Em uma resposta ao escândalo de doping institucional no país, concretizado pela manipulação de exames antidoping durante os Jogos de Inverno de Sochi, em 2014, a Rússia foi obrigada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) a participar da Olimpíada de 2018, em PyeongChang, na Coreia do Sul, sob bandeira neutra. O país só foi reintegrado pelo COI três dias depois da cerimônia de encerramento.

Estas declarações surgem em um momento em que uma delegação da Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) se encontra em Moscou desde a última segunda-feira para realizar uma auditoria da Agência Russa Antidoping (Rusada, na sigla em russo). A Wada retirou a suspensão da Rusada em 20 de setembro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias