Arruda

Danny Morais diz que negou propostas da B para ajudar o Santa Cruz

Jogador espera ajudar o Santa Cruz a sair da Série C, mas revelou que o clube ainda ainda lhe deve alguns valores de sua passagem anterior

Heitor Nery
Heitor Nery
Publicado em 05/03/2018 às 21:40
João Victor/Rádio Jornal
Jogador espera ajudar o Santa Cruz a sair da Série C, mas revelou que o clube ainda ainda lhe deve alguns valores de sua passagem anterior - FOTO: João Victor/Rádio Jornal
Leitura:

Uma das contratações do Santa Cruz para 2018, o zagueiro Danny Morais foi apresentado nesta segunda-feira (5) como novo reforço no Arruda. O defensor, que treina com o grupo há cerca de duas semanas, já esteve no clube em 2015 e 2016, participando de momentos importantes na história tricolor, como o acesso para a Série A e a conquista de dois pernambucanos e da Copa do Nordeste. Agora, numa situação diferente, o jogador afirmou que negou propostas de clubes da Série B para ajudar o Santa a se reerguer no cenário nacional.

"Tive oportunidades de jogar uma B, mas nesse momento contou muito mais para mim a minha história aqui, a vontade minha e da minha família de estar aqui e de ajudar o clube, de estar aqui de volta", declarou.

O jogador, no entanto, também lembrou que o clube ainda lhe deve alguns valores por conta de sua passagem anterior com a camisa tricolor, mas que isso nunca foi uma condição imposta para que pudesse retornar ao Arruda.

"Em relação aos débitos, realmente existem, mas nunca foi uma condição minha para voltar ou não. Claro que quero solucionar isso e estando aqui é mais fácil, mas nunca foi uma condição minha. Ainda estou correndo atrás disso, não resolvi nada ainda, mas desde o primeiro dia que voltei, vim querendo acertar, mas também querendo atuar e ajudar o clube neste momento que está passando", afirmou.

Em relação a seu período anterior no Arruda, Danny Morais comentou que já vê um clube um pouco mais organizado e espera que a diretoria consiga cumprir as promessas feitas aos atletas. "Em relação ao clube, vejo um pouco mais organizado, um pouco mais pé no chão. Espero que tudo que esteja sendo prometido se cumpra. Sempre que estarei aqui brigarei por isso. É minha característica, mas sempre em prol do grupo, das conquistas do clube. E acho que mesmo sempre cobrando, foi uma coisa positiva para o clube. A maioria das pessoas que compõem a diretoria estavam naquela época e estão hoje aqui e me quiseram de volta.

Elogios ao grupo coral

O jogador também aproveitou para elogiar o atual elenco do Santa Cruz. O defensor afirmou que vê um elenco motivado e que está empenhado em trabalhar para continuar evoluindo na atual temporada.

"Eu gosto de ver a entrega dos companheiros, o treinamento, e o que vi aqui é algo muito positivo. Acredito muito no trabalho e podemos melhorar nossos resultados. A gente vem há oito jogos sem derrota, mas claro que precisamos melhorar. Vejo o trabalho sendo muito bem feito e bem executado por quem está aqui. Acredito muito nesse grupo e, com a minha experiência, com minha cobrança, acho que a gente pode agregar valores e crescer", disse.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias