Leão

Sport: André cobra mais doação do time nas partidas

Leão voltou a perder no Brasileirão na última rodada, caindo diante do Avaí, por 1x0, na Ilha do Retiro

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 11/09/2017 às 10:20
Sport Recife/Divulgação
Leão voltou a perder no Brasileirão na última rodada, caindo diante do Avaí, por 1x0, na Ilha do Retiro - FOTO: Sport Recife/Divulgação
Leitura:

Amargando um dos piores momentos, este ano, na Série A do Campeonato Brasileiro, o Sport não vence há seis rodadas. No último domingo (10), sofreu a segunda derrota seguida nessa sequência sem triunfos. Perdeu por 1x0 para o Avaí, que saiu da zona de rebaixamento, na Ilha do Retiro, pela 23ª rodada. Para frear a sucessão de maus resultados dos rubro-negros no Brasileirão, o atacante André acredita que um dos caminhos passa por uma maior entrega do grupo em campo.

 O atacante foi um dos únicos a deixar o gramado da Ilha, no último domingo (10), sob os aplausos da torcida. Muitos dos companheiros de equipe, como Diego Souza e Samuel Xavier, foram bastante criticados e receberam vaias sonoras vindas das arquibancadas. 

"Acho que eu queria que meus amigos que recebessem esses elogios, que todo mundo saísse daqui aplaudido. Nessa fase sempre vai ter os que saem bem e os que saem mal. Todo mundo tem que melhorar, se doar mais. A torcida veio, fez o papel dela, vaiou. Faz parte do futebol. Agora é levantar a cabeça e melhorar porque a gente precisa voltar a vencer", declarou o jogador em entrevista ao site do Sport.

REVIRAVOLTA

Para André, toda a contestação do torcedor poderá ser deixada de lado quando o grupo voltar a sair de uma partida com três pontos garantidos. "Por não vir vencendo, o time fica ansioso, falta confiança. A getne teve algumas oportunidades e não fez. É normal. A torcida vai vaiar...se vence, está tudo bem, se não vence, vai ter a contestação", completou. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias