Guerra

ONU diz que mundo está perdendo capacidade para prevenir conflitos

Alto Comissário da ONU afirmou que as crises no Iraque e na Síria provocaram grandes deslocamentos, e que o mundo carece de liderança para enfrentar a situação

Da AFP
Da AFP
Publicado em 06/01/2015 às 10:37
Foto: MAHMUD HAMS/AFP
Alto Comissário da ONU afirmou que as crises no Iraque e na Síria provocaram grandes deslocamentos, e que o mundo carece de liderança para enfrentar a situação - FOTO: Foto: MAHMUD HAMS/AFP
Leitura:

O mundo está perdendo capacidades para prevenir conflitos e a ausência de uma liderança efetiva provoca os maiores deslocamentos de pessoas desde a II Guerra Mundial, indicou nesta terça-feira o responsável dos refugiados da ONU.

Antonio Guterres, Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, afirmou em Ancara que as crises no Iraque e na Síria provocaram grandes deslocamentos, e que o mundo carece de liderança para enfrentar a situação.

"A megacrise que atinge a Síria e o Iraque, assim como outras novas crises intermináveis, criaram o problema mais grave de deslocamento de populações desde a Segunda Guerra Mundial", afirmou Guterres, na reunião anual de embaixadores turcos em Ancara.

Mais de 13 milhões de pessoas foram deslocadas pelos conflitos na Síria e no Iraque.

Além disso, a crise se agravou no Sudão do Sul e se estende ao vizinho Chade, enquanto a situação se degrada na Líbia, que se soma à sofrida há meses na Ucrânia, lembrou o funcionário.

"Vivemos em um mundo onde a imprevisibilidade e a impunidade se converteram em regra. Um mundo onde não há mais direção eficaz, um mundo onde os conflitos se multiplicam (...), o que tem consequências dramáticas em termos humanos", denunciou Guterres, que em junho anunciou que o número de refugiados no planeta havia superado os 50 milhões pela primeira vez desde 1945.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias