Proteção

Itália e Vaticano reforçam segurança ante ameaça islamita

Novo chefe da Guarda Suíça do Vaticano confirmou que as forças do pequeno Estado estão em alerta

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 18/02/2015 às 15:37
Foto: União Europeia 2014 ? Parlamento Europeu
Novo chefe da Guarda Suíça do Vaticano confirmou que as forças do pequeno Estado estão em alerta - FOTO: Foto: União Europeia 2014 ? Parlamento Europeu
Leitura:

As autoridades italianas anunciaram um reforço das medidas de segurança no Vaticano e em toda a Itália, onde o medo de ataques terroristas aumentou após ameaças jihadistas.

Um dia após a aprovação pelo governo italiano de medidas adicionais de segurança, o novo chefe da Guarda Suíça do Vaticano confirmou que as forças do pequeno Estado também estão em alerta.

"O que aconteceu em Paris com a revista Charlie Hebdo também pode ocorrer no Vaticano, e estamos prontos a intervir para defender Francisco", afirmou ao jornal "Il Giornale" o comandante do corpo de 110 homens, encarregado junto aos 150 membros da gendarmeria vaticana de proteger o Papa Francisco.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias