São Paulo

Irmão de Suzane von Richthofen é retirado da Cracolândia pela PM

Andreas von Richthofen foi levado para um hospital da Zona Sul de São Paulo com alguns ferimentos pelas pernas, 'higiene precária' e 'olhos vidrados'

JC Online
JC Online
Publicado em 30/05/2017 às 20:05
Reprodução
Andreas von Richthofen foi levado para um hospital da Zona Sul de São Paulo com alguns ferimentos pelas pernas, 'higiene precária' e 'olhos vidrados' - FOTO: Reprodução
Leitura:

A recente operação feita pela Prefeitura de São Paulo na Cracolândia tem encaminhado diversos usuários de crack para hospitais do município. E um nome que chegou até o Hospital do Campo Limpo, na Zona Sul da Cidade, chamou a atenção dos profissionais da unidade de saúde: Andreas von Richthofen, irmão de Suzane von Richthofen, condenada pelo assassinato de seus próprios pais. As informações são do portal G1.

De acordo com o boletim médico do hospital, Andreas foi encontrado por policiais militares enquanto tentava invadir uma residência. Ele deu entrada no hospital por volta das 8h30 desta terça-feira (30) e, segundo boletim, apresentava vestimentas em péssimo estado, "higiene precária" e "olhos vidrados", além de alguns ferimentos pelo corpo, principalmente em suas pernas, mas não precisou tomar ponto em nenhum deles.

Os agentes que o atenderam afirmaram ainda que Andreas estava bastante agitado, desorientado e agressivo. O rapaz teria afirmado para a equipe médica que faz um uso esporádico de álcool e maconha, mas que não havia consumido essas susbstâncias recentemente. Ele demonstrava preocupação constante com o medalhão da família Richthofen, tirado de sua posse para evitar ferimentos com o objeto.

Andreas está dividindo o quarto com outros dois pacientes na unidade de saúde. De acordo com médicos, ele já caminha pelos corredores e conversa com outros pacientes. Até a tarde desta terça-feira (30), nenhum familiar veio procurar notícias de Andreas, que completa 30 anos em julho. No entanto, um tio já foi contactado e se dispôs a comparecer ao local.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias