POLÊMICA

'Há dois lados', diz Trump sobre violência em Charlottesville

O presidente reagiu com agressividade às perguntas sobre a marcha violenta em Charlottesville

AFP
AFP
Publicado em 15/08/2017 às 18:02
Foto: JIM WATSON / AFP
O presidente reagiu com agressividade às perguntas sobre a marcha violenta em Charlottesville - FOTO: Foto: JIM WATSON / AFP
Leitura:

O presidente americano, Donald Trump, reagiu com agressividade nesta terça-feira (15) a perguntas sobre sua reação à violenta marcha de supremacistas brancos realizada em Charlottesville e que terminou em um banho de sangue, ao afirmar que houve "culpa dos dois lados".

"Há dois lados em uma história", disse Trump a jornalistas na Trump Tower, em Nova York, onde ele apresentava medidas de infraestrutura.

Quando consultado porque esperou até a segunda-feira (14) para condenar explicitamente os grupos de ódio presentes em Charlottesville no fim de semana, Trump disse que quis ser cuidadoso para não dar uma "declaração apressada" sem o conhecimento de todos os fatos.

Ultradireitista da Casa Branca é "homem bom"

Ele chamou o suposto simpatizante nazista, que jogou o próprio carro contra manifestantes anti-racismo - um ataque que matou uma mulher - de uma "desgraça para si próprio, sua família e seu país".

O presidente também defendeu o polêmico estrategista-chefe da Casa Branca, o ultradireitista Steve Bannon, ao afirmar: "Eu gosto do senhor Bannon. Ele é meu amigo... É um homem bom. Ele não é um racista".

Últimas notícias