Eleição

Morales se autoproclama candidato à reeleição na Bolívia

O presidente deu por encerrado um debate surgido sobre a sua nova postulação

AFP
AFP
Publicado em 16/12/2017 às 19:09
Foto: AFP
O presidente deu por encerrado um debate surgido sobre a sua nova postulação - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

O presidente boliviano, Evo Morales, autoproclamou-se neste sábado candidato nas eleições de 2019, dando por encerrado um debate surgido sobre a sua nova postulação, contra a qual se manifestaram nesta sexta-feira diferentes coletivos sociais em quatro cidades do país.

"Estamos reabilitados para 2025, isso não está em discussão. A direita perde seu tempo. Minha recomendação é que se prepare de uma vez", disse o presidente diante de uma concentração em Cochabamba (centro), onde setores partidários do governo celebraram os 12 anos da primeira vitória eleitoral de Morales.

O governante esquerdista, que retornava de um giro pela Europa, assinalou: "Este é um processo que não se pode deter, é um caminho sem volta. A direita jamais irá nos derrotar. Estamos avançando, crescendo. Em pouco tempo, mostramos que a Bolívia tem muito futuro."

Eleições anteriores

Morales, 58, chegou ao poder em janeiro de 2006, e venceu, com folga, três eleições presidenciais consecutivas, com votações inéditas.

Apesar de sua grande popularidade, em fevereiro do ano passado ele perdeu por pequena margem um referendo em que buscava se habilitar para o período 2020-2025.

Embora as urnas lhe tenham negado a possibilidade de disputar o quarto mandato, uma sentença do Tribunal Constitucional lhe deu em novembro sinal verde para se reeleger indefinidamente para o cargo, o que a oposição considerou um golpe contra a democracia.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias