SALÁRIOS

Bolsonaro, sobre reajuste do STF: 'pergunta para o Temer, ele que sancionou'

De acordo com o presidente eleito, toda população pagará a conta do reajuste salarial

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 27/11/2018 às 17:52
Foto: Agência Brasil
De acordo com o presidente eleito, toda população pagará a conta do reajuste salarial - FOTO: Foto: Agência Brasil
Leitura:

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou que toda população pagará a conta do reajuste salarial dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Bolsonaro evitou fazer comentários sobre o assunto e responsabilizou o presidente Michel Temer pela decisão. Após acordo com o Judiciário, Temer sancionou nessa segunda-feira (26) aumento de 16,38% para os magistrados, que deve ter efeito cascata em todo o País.

"Pergunta pro Temer. O Temer que decidiu sancionar", respondeu ao ser indagado inicialmente sobre o assunto. Após jornalistas insistirem na pergunta, dizendo que Bolsonaro arcará com as despesas extras em sua gestão e "pagará a conta", ele respondeu: "Quem vai pagar é toda a população brasileira, quem vai pagar é todo mundo. A minha responsabilidade nessa área começa a partir de 1º de janeiro do ano que vem", completou o presidente eleito.

Orçamento

Sobre o orçamento, Bolsonaro disse que vai ter que ajustar tudo agora para evitar modificações no próximo ano. "É possível mexer no orçamento no ano que vem, mas o que pudermos fazer agora é melhor", declarou.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias