Cena Política

Luciana Santos pode acabar sendo o nome para a vice de Danilo Cabral, por falta de interessados

Se ela integrar a chapa da Frente Popular novamente, socialistas temem que se vincule isso a uma continuidade da rejeitada gestão de Paulo Câmara.

Igor Maciel
Cadastrado por
Igor Maciel
Publicado em 26/05/2022 às 15:00
BERG ALVES/TV JORNAL
Luciana Santos e Paulo Câmara - FOTO: BERG ALVES/TV JORNAL
Leitura:

A vice-governadora Luciana Santos (PCdoB) voltou a ser cotada para vice na chapa da Frente Popular, por absoluta falta de interessados.

Ainda não está definido, mas o nome dela foi o que ficou após a recusa de Wolney Queiroz (PDT) e de Silvio Costa Filho (Republicanos) que declinaram quando foram convidados.

Mas, a comunista é um problema, segundo fontes no PSB.

Isso, porque além de não ser a preferência dos socialistas para uma gestão, já que participou muito pouco nos últimos quatro anos e, nos bastidores, fala-se que trazia mais problema que solução, ainda provoca uma aresta estratégica. 

Luciana, por ser a atual vice, vincula Danilo Cabral (PSB) ao governo de Paulo Câmara (PSB) e a um ambiente de “continuidade”, tudo o que se quer evitar, devido à rejeição do governador.

Colocar Luciana na vice é "dar a entender que, em parte, a gestão Paulo vai continuar", explica uma fonte.

A questão é que a Frente Popular precisa encontrar um espaço para Luciana. A vice-governadora, hoje presidente nacional do PCdoB, não pode ser candidata a deputada federal, cargo que ocupou por anos, já que Renildo Calheiros (PCdoB) disputa a reeleição e a sigla não consegue eleger mais do que um deputado.

A equipe de campanha que arranje uma narrativa.

Comentários

Últimas notícias