OPINIÃO

Brasil tem maior média diária de doses aplicadas desde o início da campanha de imunização contra covid-19

Com mais de 939 mil doses aplicadas neste dia 19, os últimos sete dias mantiveram uma média de 813 mil doses. Em relação à última segunda-feira (12), houve um crescimento de 3,7% na média diária de vacinação. Leia a opinião de Cláudio Humberto

Cláudio Humberto
Cláudio Humberto
Publicado em 20/04/2021 às 7:49
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Vacina contra a covid-19 - FOTO: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Leitura:

Maior média de vacinação

O Brasil começou bem esta semana no quesito vacinação contra a covid: essa segunda-feira (19) fechou o dia com a maior média diária de doses aplicadas desde o início da campanha de imunização, em janeiro. Com mais de 939 mil doses aplicadas neste dia 19, os últimos sete dias mantiveram uma média de 813 mil doses. Em relação à última segunda-feira (12), houve um crescimento de 3,7% na média diária de vacinação.

Nos sete dias analisados, o Brasil aplicou 5,67 milhões de doses e bateu recorde de segundas doses na sexta (16): 620 mil doses em 24h. Apoiada em recorte das primeiras doses, a torcida fúnebre alardeou que a vacinação "despencou". Mas as segundas doses bateram recordes. São 12,7% os brasileiros que receberam uma dose da vacina. A média mundial é 6,4%; na América do Sul, 10,1%, diz o Our World in Data. Levando-se em conta apenas os dias úteis, a média sobe para 935,4 mil vacinas diárias. No fim de semana, a média cai a pouco mais da metade.

Lobby só reúne os poderosos

É liderada por distribuidoras a pressão contra a energia solar, que é limpa, e em favor da energia suja e cara das termoelétricas. Estão a serviço do grupo gigantes como a "consultoria PSR", controlada pelo banco BTG Pactual, cuja carteira de clientes inclui 13 distribuidoras e a Abradee, entidade hostil à energia solar limpa e barata. O lobby bilionário quer acabar com o sistema de compensação, previsto na Geração Distribuída, quer reduz em até 90% o valor da conta mensal de luz. Na pressão estão entidades de suposta defesa dos consumidores, como Idec, e consumidores de energia, Anace (ligada à Comerc) e Abrace. Até uma certa Confederação dos Conselhos de Consumidores é contra energia solar. Todos os conselhos são sustentados por concessionárias. Nc Energia (Neoenergia), as ONGs Abraceel e Abrademp, Enel e Cpfl Soluções a Comercializadora Energisa também estão nesse esquema.

Venda direta

Deve ser apreciado nesta terça (20) relatório do deputado Silvio Costa Filho (Rep-PE) sobre a proposta de venda direta de etanol de produtores aos postos. São contrários apenas as distribuidoras/atravessadoras de combustíveis e seus prepostos na agência reguladora ANP.

Pensamento

O Tribunal Superior Eleitoral agora usa as redes sociais oficiais para ensinar o eleitor... a falar. Ontem, deu supostas dicas sobre como se deve falar sobre indígenas. Mas não há escolha: é "diga" e "não diga".

Investiga, PF 

Já que agora trata de indígenas, o TSE deveria recomendar que a Polícia Federal investigue ONGs que usam nossos índios em protestos contra o governo que "secou a fonte" de dinheiro público que as abastecia.

Sem holofote

Quando o assunto não rende holofote aparece o tamanho da oposição ao governo. Ontem, deputados mantiveram vetos do presidente por 375x2 votos sobre assinaturas eletrônicas em documentos públicos.

Conta

Bolsonaro assinou nova medida provisória, ontem, fazendo o governo federal pagar a conta de R$ 3 bilhões por 8 mil leitos de UTI e a compra de kits intubação. Em 2021, outras duas MP liberaram R$ 8,2 bilhões.

Contratos

Segundo o cronograma de acompanhamento da Comissão Temporária da covid-19 do Senado, cerca de 210 milhões de doses de vacinas serão entregues ao Ministério da Saúde, até o fim de junho.

Frase

Nos mostrou o quanto podemos nos unir e sermos fortes" - Senador Oriovisto Guimarães apontando provável lição positiva da pandemia

 

Comentários

Últimas notícias