Opinião

Na Aneel, a turma nem disfarça mais e aceita participar de festa do setor que tenta liquidar a energia solar no Brasil

A aliança distribuidoras/Aneel tramam "taxar o Sol" e a cobrança abusiva pelo uso de postes e cabos, tudo para inviabilizar energia solar no País. Confira os destaques de Cláudio Humberto para esta terça-feira (20)

Cláudio Humberto
Cláudio Humberto
Publicado em 20/07/2021 às 7:04
Análise
MARCELLO CASAL JR
Níveis de armazenamento dos reservatórios devem chegar próximo ao limite no fim do ano, principalmente nos subsistentes Sul e Nordeste - FOTO: MARCELLO CASAL JR
Leitura:

Aneel participa de festa do lobby

Na Aneel, "agência reguladora" de energia que mais parece órgão de defesa dos interesses das bilionárias distribuidoras de energia, a turma nem disfarça mais. O diretor-geral da Aneel, André Pepitoni, divulgou em seu Instagram, todo pimpão, foto ao lado de um, digamos, representante das distribuidoras, recebendo "convite" para a festa em agosto do setor que tenta liquidar a energia solar no Brasil, com ajuda da própria Aneel. A assessoria de Pepitoni nega que ele será homenageado na festa dos distribuidores. A Aneel bem que "merece", dada sua dedicação à causa. O ex-senador Cassio Cunha Lima (PB) e o ex-presidente do TCU José Múcio estão entre os figurões contratados para defender distribuidoras. A aliança distribuidoras/Aneel tramam "taxar o Sol" e a cobrança abusiva pelo uso de postes e cabos, tudo para inviabilizar energia solar no País.

Julho: 100 mi vacinados

Nos próximos dias, serão mais de 100 milhões os brasileiros que já receberam ao menos uma dose de vacina contra a covid-19. É quase metade da população e mais de 63% dos brasileiros adultos, acima dos 18 anos de idade, alvo da campanha que pretende imunizar 158 milhões de pessoas. Ontem foi atingida a marca de 90 milhões de pessoas com a primeira dose, dos quais 34,2 milhões estão completamente imunizados. Na última semana, foram administradas em média 1,4 milhão de doses por dia, no Brasil. A Índia passa de 4,2 milhões. A expectativa é que até o final desta semana já tenham sido distribuídas mais de 160 milhões de doses, suficientes para vacinar todos os adultos. De acordo com a ferramenta vacinabrasil.org que acompanha a imunização nacional, já foram mais de 124 milhões de doses aplicadas.

Mau humor

A Imazon, que ontem divulgou relatório sobre "destruição da Amazônia", era uma das ONGs "de elite" com acesso fácil a dinheiro público. Só em 2018, a Imazon recebeu R$ 25,6 milhões. A fonte secou no atual governo.

Pé no poder

O ex-ministro Mandetta mantém um pé no Palácio do Planalto, apesar do pé no traseiro que tomou: Henrique Marques Pinto, que ele nomeou assessor, dá cartas como secretário adjunto da Secretaria de Governo.

Errando alvos

Bolsonaro faz a delícia de veículos de comunicação que o criticam, repercutindo suas publicações, e agora levanta a bola do vice-presidente da Câmara, como se não houvesse adversários mais relevantes.

Sem inquéritos

Perseguido por facção criminosa nas eleições de 2020, o deputado Capitão Wagner (Pros-CE) ainda aguarda abertura de inquérito sobre o fato, pela Secretaria de Segurança do Ceará. Sentado, senão vai cansar.

Acentuada

A média móvel diária mundial de óbitos relacionados à covid-19 (7,8 mil) está caindo desde o início de maio, quando mais de 14 mil pessoas perdiam a vida para o vírus, todos os dias.

Corrupto de lá

Após a prisão do ex-presidente Jacob Zuma, protestos violentos foram registrados nas maiores cidades da África do Sul, provocando a morte, até agora, de quase 120 pessoas e a prisão de mais de 2 mil.

Frase

"Tudo fizeram" - Bolsonaro acusando a cúpula da CPI e irmão de Renan por vacinas "a qualquer preço".

Comentários

Últimas notícias