Coluna Cláudio Humberto

Factoides tentam ressuscitar o candidato Pacheco à Presidência da República

Senador Rodrigo Pacheco (PDS-MG) está novamente piscando olhos para líderes políticos e partidários interessados em examinar seu nome como "salvador da pátria" da terceira via

Cláudio Humberto
Cadastrado por
Cláudio Humberto
Publicado em 11/05/2022 às 9:31 | Atualizado em 11/05/2022 às 9:32
PEDRO GONTIJO/ SENADO FEDERAL
Rodrigo Pacheco estaria com intenção de disputar Presidência da República - FOTO: PEDRO GONTIJO/ SENADO FEDERAL
Leitura:

A movimentação recente do presidente do Senado revela mudança de ideia: após anunciar a desistência de disputar a presidente da República, até pelos índices irrisórios nas pesquisas, o senador Rodrigo Pacheco (PDS-MG) está novamente piscando olhos para líderes políticos e partidários interessados em examinar seu nome como "salvador da pátria" da terceira via. A informação é de aliados de Pacheco, segundo os quais uma agenda política foi retomada para colocá-lo no noticiário. Pacheco "desistiu" de concorrer porque seu ego não suportava a ideia de que, como presidente do Senado, não passar de 1% na intenção de voto. Com os pré-candidatos de terceira via batendo cabeças, Pacheco voltou a alimentar a esperança de ser levado a sério como presidenciável. Após deixar o PSD e seu presidente na mão, Pacheco agora parece envergonhado para abordar o assunto com seu partido. Pacheco não admite claramente a intenção de retomar a candidatura, como é do seu feitio, mas suas iniciativas avisam que ele está "na pista".

Ônibus: Diesel pode encarecer tarifa

Os aumentos da Petrobras, apenas este ano, devem fazer as tarifas de ônibus urbanos ficarem 15,4% mais caras, além do impacto de 3,1% no custo do frete em decorrência do reajuste do diesel nas refinarias anunciado esta semana. Segundo estudo técnico da NTC&Logística, o combustível que move a economia brasileira por meio dos caminhões em nossas rodovias acumula alta de 49,69% nos últimos 12 meses. Para a NTC&Logística, o aumento de R$4,51 para R$4,91 na refinaria "acarretará a necessidade de reajuste adicional de no mínimo 3,1%". Em 2018, a voracidade da Petrobras sob comando do presidente Pedro Parente, que criou a política de lucros, levou a greve de caminhoneiros.

Alívio

O Planalto estava apreensivo com as opções de Bolsonaro para vaga de ministro substituto do TSE. Mas
houve indisfarçável alívio quando André Callegari, defensor dos irmãos Batista (JBS), não figurou na
lista tríplice.

Mais próximos

Bolsonaro subiu 4 pontos e Lula caiu 1,6, de acordo com pesquisa CNT/MDA. Esses números levaram apreensão ao PT e explicam o comportamento nervoso do candidato, radicalizando o discurso.

Amnésia

A pesquisa CNT/MDA revelou dado interessante sobre a memória do eleitor. Só 75,7% lembram em quem votaram para presidente em 2018 e mais da metade (51,7%) não lembra em quem votou para senador.

Já ganhou

Recado do cientista político Paulo Kramer: "o maior ou pior adversário do presidente Jair Bolsonaro é o
clima de 'já ganhou' que começa a tomar conta de uma parte da equipe presidencial."

Paciência

O Partido da Causa Operária (PCO) criticou a deputada do Psol Talíria Petrone por desconhecer a
Constituição ao falar que o indulto é inédito. "Fica mendigando apoio da burguesia em vez de combater
Bolsonaro".

Indústria

A Receita Federal fará leilão público de bens apreendidos no aeroporto de Viracopos, em Campinas, mas
o que chamou atenção é que, apesar de público, para participar é necessário ter um certificado digital.

Frase

"Esse sistema é confiável. Precisa de ajustes? Precisa". Presidente Arthur Lira (Câmara) reitera que o
sistema eleitoral brasileiro pode melhorar

Comentários

Últimas notícias