COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

Começa esta semana cadastro dos professores da rede estadual que vão receber computador e internet para aulas remotas

Lei que regulamenta o programa Professor Conectado, aprovada na Alepe, será sancionada nos próximos dias pelo governador Paulo Câmara. Previsão é que os docentes recebam os computadores a partir do final de julho

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 14/06/2021 às 16:30
Notícia
PIXABAY
As aulas serão realizadas exclusivamente online - FOTO: PIXABAY
Leitura:

Começa nesta semana o cadastro dos professores da rede estadual que desejarem receber um notebook para usarem nas aulas remotas. Também para receber um auxílio mensal de R$ 50 para custear internet. Os benefícios fazem parte do programa Professor Conectado. O cronograma vai ser divulgado pela Secretaria de Educação de Pernambuco.

A lei que regulamenta a iniciativa foi aprovada semana passada pela Assembleia Legislativa e deve ser sancionada nos próximos dias pelo governador Paulo Câmara. Além dos docentes, os analistas e assistentes em gestão educacional terão direito a computadores e internet.

Serão cerca de 21 mil profissionais contemplados. Após o cadastro, disponível no site da Secretaria de Educação, será definido um prazo para escolha dos modelos dos equipamentos. A previsão é de que as máquinas comecem a ser entregues a partir do final de julho.

Inicialmente, o notebook vai ser cedido em regime de comodato por um período de três anos. Encerrado esse tempo e cumpridos os requisitos, o computador será definitivamente do profissional.

O investimento do governo vai ser de R$ 115 milhões. Desse total, entre R$ 100 milhões e R$ 102 milhões vão ser investidos para compra das máquinas. Cada computador vai custar até R$ 5 mil. O profissional não receberá o valor em dinheiro. Quem vai pagar o equipamento, diretamente às empresas que participaram de uma consulta pública, será a Secretaria Estadual de Educação. Mas o valor vai constar no contracheque do profissional da educação.

O repasse de R$ 50 para a internet vai também constar no contracheque e será depositado mensalmente junto com o salário, por um período de 12 meses, podendo ser ampliado por igual período. Começará a ser pago juntamente com o recebimento dos computadores.

Os cerca de 14 mil professores que lecionam com contratos temporários não vão receber os computadores. A justificativa da secretaria é que eles não fazem parte do quadro efetivo da rede estadual, por isso há impedimento do ponto de vista jurídico.

O recesso escolar será de 6 a 20 de julho. O primeiro semestre letivo, portanto, vai até dia 5 de julho. A rede estadual tem cerca de 540 mil alunos que estudam em 1.055 escolas.

Comentários

Últimas notícias