COLUNA ENEM E EDUCAÇÃO

UPE realiza domingo (14) seleção de novatos para os colégios de Aplicação. Veja as regras

Estão inscritos 3.535 candidatos que vão disputar vagas para o 6º ano do ensino fundamental e o 1º ano do ensino médio

Margarida Azevedo
Margarida Azevedo
Publicado em 10/11/2021 às 19:10
Notícia
YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Candidatos realizarão as provas seguindo protocolos de biosssegurança por causa da covid-19 - FOTO: YACY RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Domingo (14) é dia de seleção para alunos novatos das quatro escolas de Aplicação da Universidade de Pernambuco (UPE). Os 3.535 candidatos devem prestar atenção aos horários e regras do processo seletivo pois ainda há restrições devido à pandemia de covid-19. Duas exigências são a apresentação obrigatória do cartão de inscrição e o uso de máscara. A impressão do documento é de responsabilidade do participante. Para acessá-lo e imprimi-lo, basta entrar na página do participante e informar CPF e senha cadastrada.

Para evitar tumulto, o acesso aos locais de provas será liberado às 7h30, ou seja, 1h30 antes do fechamento dos portões, previsto para 9h. O exame vai das 9h15 às 12h15, com saída liberada a partir das 11h15.

Até a tarde desta quarta-feira (10), 90% dos candidatos já haviam acessado seus cartões de inscrição, segundo o presidente da comissão do vestibular e pró-reitor de graduação da UPE, Ernani Martins.

As 258 vagas do 6º ano do ensino fundamental serão disputadas por 1.264 estudantes. Outros 2.271 adolescentes disputarão 140 vagas para a 1ª série do ensino médio. Metade das vagas é reservada para o sistema de cotas, ou seja, egressos de escolas públicas.

No Recife haverá aplicação de provas em cinco locais. Nas outras três cidades onde terá seleção - Nazaré da Mata, Garanhus e Petrolina - serão dois prédios em cada. "É importante que os responsáveis pelos candidatos conheçam os locais de provas com antecedência", destaca Ernani.

A comissão reforça que o uso de máscara facial de proteção é obrigatório para acesso ao prédio e durante todo o período de realização das provas por todos os participantes. Recomenda-se a troca de máscaras a cada duas horas.

É permitido levar água, sucos, doces e pequenos lanches devidamente acondicionados para consumo individual. Os candidatos poderão tomar água e sucos na sala e se alimentar, abaixando a máscara por um curto período de tempo, mantendo a distância estabelecida.

A prova terá 40 questões, sendo 20 para português e 20 para matemática. Os quesitos são de múltipla escolha.

CONCORRÊNCIA

A Escola de Aplicação do Recife é a unidade que terá as vagas mais disputadas. Para o 6º ano do ensino fundamental, a concorrência é de 2,41 no sistema de cotas e 61,82 pelo sistema universal. Para o 1º ano do ensino médio, os índices são de 10,6 candidatos por vaga (sistema de cotas) e 102,6 (sistema universal).

Em Nazaré da Mata, a Escola de Aplicação Professor Chaves tem, para o 6º ano, 1,06 candidato por vaga nas cotas e 10,17 no sistema universal. No 1º ano há 2,28 postulantes cotistas por vaga e 8,24 na ampla concorrência.

A Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra, em Garanhuns, registrou 2,53 e 8,1 inscritos na cota e no sistema universal, respectivamente, para o 6º ano. Para o 1º ano ficou assim: 12,15 e 22,83.

Em Petrolina, na Escola Estadual de Aplicação Professora Vande de Souza Ferreira terá, para o 6º ano, 3,61 candidatos nas cotas e 6,11 no sistema universal. Para o 1º ano há 1,73 inscrito na cota e 4,3 na ampla concorrência.

LOCAIS DE PROVAS

Veja os locais onde haverá realização das provas:

RECIFE
- FCAP, na Ilha do Retiro
- Escola Politécnica de Pernambuco, a Poli, na Madalena
- Escola Sizenando Silveira, em Santo Amaro
- Escola Sylvio Rabello, em Santo Amaro
- Escola Santa Paula Frassineti, no Espinheiro

NAZARÉ DA MATA
- Escola de Aplicação Professor Chaves
- Campus UPE MATA NORTE

GARANHUNS
- Escola de Aplicação Professora Ivonita Alves Guerra
- Campus UPE GARANHUNS

PETROLINA
- Escola Estadual de Aplicação Professora Vande de Souza Ferreira
- CAMPUS UPE - EDUCAÇÃO

PROTOCOLOS DE BIOSSEGURANÇA

• Todos os prédios serão sanitizados antes e após a realização das provas. Esses prédios foram devidamente checados e atendem os protocolos, inclusive, quanto ao número de pessoas circulantes durante a realização das provas.
• Tanto na entrada como na saída dos locais de aplicação das provas não será permitido aglomeração. Portanto, o candidato nesses dois momentos deve se abster de conversas em grupos e períodos de espera com distanciamento inferior a 1,5 metros entre os candidatos e colaboradores envolvidos. Nesta direção, não são permitidos cumprimentos como abraços e apertos de mãos.
• O uso de máscara facial de proteção, industrial ou caseira, é obrigatório para acesso ao prédio e durante todo o período de realização das provas por todos os participantes do certame. As máscaras devem cobrir integralmente o nariz e a boca.
• Todos os candidatos devem portar máscaras-reserva, acondicionadas em embalagem própria, que devem ser utilizadas também para o descarte da máscara utilizada. Recomenda-se a troca de máscaras a cada 2(duas) horas.
• Está permitido levar água, sucos, doces e pequenos lanches devidamente acondicionados para consumo
individual, bem como o uso de bermudas e vestimentas leves. Os candidatos poderão tomar água/sucos na sala e se alimentar, abaixando a máscara por um curto período de tempo, mantendo a distância estabelecida.
• Será disponibilizado, em todas as salas, álcool em gel a 70% para higienização das mãos. Caso o candidato ache necessário, também poderá portar recipiente de álcool em gel a 70% para uso pessoal. Não será permitido, em hipótese alguma, portar outro tipo de álcool ou antisséptico para higienização das mãos.
• O uso de banheiros será controlado pela equipe de colaboradores, estando condicionado aos protocolos de higienização vigentes.
• Em caso de necessidade, poderão ser utilizados termômetros para aferição de temperatura em sala de aula. 
• Candidatos que apresentem qualquer sintomatologia referente à COVID-19, durante a realização das provas, serão conduzidos à sala específica, em cada prédio, e realizarão as provas em condições semelhantes aos demais candidatos sob a fiscalização dos colaboradores e orientação dos profissionais de saúde participantes da aplicação de provas.
• Caso o candidato tenha diagnóstico confirmado de COVID-19 ou exame de biologia molecular (RT-PCR) positivo nos últimos 14 dias que antecedem a prova, deve solicitar regime especial de provas, seguindo as instruções do Manual do Candidato. Como descrito neste manual, não há reaplicação de provas.
• Os candidatos que não obedecerem às regras dispostas nestas orientações, bem como outras que seguem os protocolos de biossegurança estabelecidos pela UPE ou pelo Governo do Estado de Pernambuco, estarão sujeitos à advertência verbal para o cumprimento das regras e, em caso de reincidência, poderão ser excluídos do certame.

Comentários

Últimas notícias