inscrições

Prouni Pernambuco oferece mil bolsas em cursos superiores; saiba como concorrer

Na edição 2022.1, serão oferecidas mais mil bolsas, com valores de R$ 500, pagos integralmente pela gestão estadual, do primeiro ao último período do curso

Ana Maria Miranda
Cadastrado por
Ana Maria Miranda
Publicado em 22/02/2022 às 10:08 | Atualizado em 22/02/2022 às 14:42
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Certame ainda não teve edital publicado pelo governo da Paraíba - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Estão abertas a partir desta terça-feira (22) até o dia 11 de março as inscrições para o Programa Pernambuco na Universidade (Prouni-PE), destinado à concessão de bolsas de estudo do ensino superior para alunos de baixa renda. Na edição 2022.1, serão oferecidas mais mil bolsas, com valores de R$ 500, pagos integralmente pela gestão estadual, do primeiro ao último período do curso.

Estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2009, com nota mínima de 350 pontos, e que não tenham zerado a redação, podem participar. A inscrição deve ser realizada no site no site prouni.secti.pe.gov.br. De acordo com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), o programa tem 36 instituições credenciadas em todas as regiões do Estado, que incluem até 90 cursos à disposição.

Entre as 1.000 vagas, 70% serão destinadas às carreiras de Ciência, Tecnologia, Engenharia, Matemática e Computação (STEM+C). As outras 30% serão para os demais cursos. Além disto, dentre as oportunidades, 20% estão reservadas a mulheres que sofreram violência doméstica ou estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica; estudantes que possuam algum tipo de deficiência física; e professores não licenciados do ensino estadual ou municipal.

Além disto, o edital 2022.1 do Prouni-PE amplia o alcance de beneficiados através de uma adequação à renda per capita familiar mínima exigida dos participantes, antes restrita a até um salário mínimo e meio. Na hipótese de não preenchimento pleno das bolsas de estudo nessa faixa salarial, haverá a inclusão de pessoas com renda de dois salários-mínimos, avançando, gradualmente, para estudantes com até quatro salários per capita.

Prouni nacional

Apesar da mesma sigla, o programa é diferente do Programa Universidade para Todos, do Governo Federal, que também abre inscrições nesta terça (22). O programa oferece bolsas de estudo integrais ou parciais (50%), em faculdades particulares, a estudantes de baixa renda. Em Pernambuco, são oferecidas 7.867 bolsas integrais e 5.953 bolsas parciais, totalizando 13.820.

Para ter acesso à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal de até 1,5 salário mínimo por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa. É necessário também que o estudante tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou da rede privada, na condição de bolsista integral.

O estudante precisa ter feito a última ou a penúltima edição do Enem. Na prova, o candidato deve ter alcançado, no mínimo, 450 pontos de média das notas e não pode ter tirado 0 na redação.

Comentários

Últimas notícias