CÂMARA

PT estuda pedir abertura de CPI contra Sergio Moro

Ex-ministro de Bolsonaro é investigado no TCU por possível conflito de interesse ao trabalhar para empresa estadunidense

Augusto Tenório
Augusto Tenório
Publicado em 23/01/2022 às 15:32
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
APROXIMAÇÃO Negociação com Moro enfrenta fortes resistências entre parte dos integrantes da sigla - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

O Partido dos Trabalhadores estuda pedir a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar a atuação de Sergio Moro (Podemos) na empresa Alvarez & Marsal. O ex-ministro de Bolsonaro trabalhou por quase um ano na consultoria estadunidense.

A possibilidade de abertura da CPI foi confirmada pelo deputado Reginaldo Lopes, líder do PT na Câmara dos Deputados.

"Há a possibilidade de pedirmos uma CPI. Vou conversar com o deputado Paulo Teixeira, com a presidenta Gleisi Hoffmann. Acredito que precisamos instalar a CPI, que é o fórum com legitimidade para investigar no Congresso", disse o parlamentar ao Poder 360.

Sergio Moro trabalhou por cerca de um ano na Alvarez & Marsal, que recebeu, nesse período, mais de R$ 40 milhões em honorários de empresas investigadas na Lava Jato. Após o fim do contrato com a empresa, o ex-juiz se filiou ao Podemos e lançou pré-candidatura à presidência.

No Tribunal de Contas da União, corre uma investigação para apurar se houve conflito de interesses no trabalho do ex-ministro de Bolsonaro com a empresa estadunidense, administradora da recuperação judicial da Odebrecht.

Comentários

Últimas notícias