segurança pública

Com 355 homicídios em Pernambuco em janeiro de 2024, SDS registra alta de 23% nas mortes violentas

Dezembro de 2023, primeiro mês do Juntos pela Segurança, já havia sido de muita violência

Imagem do autor
Cadastrado por

Jamildo Melo

Publicado em 05/02/2024 às 17:51 | Atualizado em 06/02/2024 às 8:53
Notícia
X

A Secretária de Defesa Social (SDS) registrou 355 homicídios em Pernambuco no último mês de janeiro. Um número 23% superior ao anotado no mesmo mês do ano passado.

No segundo mês após o lançamento do programa Juntos pela Segurança, do Governo do Estado, a violência atingiu seu maior patamar dos 13 meses da gestão Raquel Lyra.

No somatório, a capital pernambucana respondeu por 78 dos mortos, a Região Metropolina do Recife por 119 e o interior pelo maior contingente de mortes, com 158 mortes violentas. No mesmo período de 2023, haviam sido 41 mortes violentas no Recife, 73 na RMR e 175, no interior.

Diante dos problemas na área, o governo do Estado trocou o comando da Polícia Militar e da Polícia Civil, no mês passado, em busca de um choque operacional.

 

Reunião de monitoramento do Juntos pela Segurança

No final de janeiro, a governadora Raquel Lyra participou de reunião sobre o Juntos pela Segurança com a participação da vice-governadora Priscila Krause, o secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho, os novos gestores das operativas, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ivanildo Torres, e o chefe da Polícia Civil, delegado Renato Leite.

O encontro teria discutido metas e ações para garantir um fortalecimento nas forças operacionais de Pernambuco e reduzir índices de criminalidade, além do que está planejado para o período do Carnaval.

“Fizemos mais uma reunião do Juntos pela Segurança, trabalhando não só a segurança para o nosso carnaval, mas o combate à criminalidade no nosso Estado. Também tratamos sobre concursos públicos para a área a fim de garantir que a nossa população possa ter mais paz. Esse é um trabalho incansável do nosso governo, toda a nossa energia aqui é para permitir que Pernambuco seja um Estado de mais paz”, disse em nota a governadora.

Tags

Autor