Cenário econômico em Pernambuco, no Brasil e no Mundo, por Fernando Castilho

JC Negócios

Por Fernando Castilho
castilho@jc.com.br

Informação e análise econômica, negócios e mercados

Coluna JC Negócios

Pernambuco perde Licínio Dias Filho, empresário que ajudou a difundir o vinho no Nordeste

Licínio Dias atuava como distribuidor de bebidas e artigos importados em toda Região Nordeste. E prestava consultoria de mercado para quem deseja ter atuação no setor de bebidas.

Fernando Castilho
Fernando Castilho
Publicado em 31/12/2020 às 12:39
Notícia
DIVULGAÇÃO
O empresário assinou a criação de vários bares e restaurantes que fazem parte da história do Recife - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Por Fernando Castilho, da Coluna JC Negócios

Faleceu o empresário pernambucano Licínio Dias Filho. Ele era pernambucano, filho de Licínio Dias Ferreira e Fernanda Maria Monteiro, também pernambucana e descendente da família Lundgren, que se casou com o jovem imigrante português.

Licínio entrou no negócio quando dona Fernanda Dias, junto com o marido, comprou em 1957 a Casa dos Frios, que pertencia ao alemão Hans Hirschfeld, na Rua da Palma, que a fundou em 1949. Licínio (pai) comprou a empresa com o irmão Armênio, mas em 1969, Licínio adquiriu toda a Casa dos Frios de Armênio Dias e passou ser conduzi-la com Fernanda.

Embora a família Dias tenha uma forte tradição de gastronomia, já que há mais de 100 anos a história dos portugueses da Família Dias começou a se entrelaçar com Pernambuco e posteriormente com a gastronomia local.

Licínio Filho sempre esteve ligado a comercialização de vinhos e bebidas. Em 2001, ele fundou a LD - Licínio Dias Importação Ltda., como parte do grupo familiar com mais de 50 anos de tradição no mercado de produtos finos, através da Casa dos Frios. Ele também era sócio da distribuidora Épice, com forte presença nos mercados do Sul e do Sudeste do País.

As empresas importam com mais de 200 rótulos entre vinhos chilenos, argentinos, portugueses, espanhóis, italianos e franceses, além de whiskies, tequilas, grappas, aguardentes, licores das mais diversas procedências.

ACERVO JC IMAGEM
Licínio Dias Filho - ACERVO JC IMAGEM

Em 2018, os empresários Hélio Silvestre e Guilherme Chaves, da Dia Distribuição, batizaram a adega climatizada do seu Centro de Distribuição com o nome de Licínio Dias. Como reconhecimento a um empresário que foi um dois grandes responsáveis pelo desenvolvimento do mercado de vinhos no Estado.

Hoje, a Dias tem uma capacidade de armazenar cerca de 300 mil garrafas de vinhos, em um espaço climatizado. No seu portifólio, são rótulos das mais variadas regiões e países, passando por vinhos da França, Itália, Portugal, Espanha, Chile, Argentina, entre outros.

Licínio Dias também recebeu o título de “Cavaleiro da Ordre des Coteaux de Champagne” numa cerimonio, no Hotel Tivoli Mofarre, em São Paulo. Foi considerado grande promotor os vinhos da região de Champagne como Frédéric Heidsieck, da casa Roederer.

Embora fosse forte no Nordeste, ele tinha participação na empresa Épice, fundada em 1989, em São Paulo, por Nivaldo Oliveira em parceria com a família Dias.

Atualmente, a Épice é uma das mais sólidas importadoras de vinhos, destilados e licores do Brasil, posicionando-se entre as maiores empresas do setor. Com portfólio mais de 200 tintos, brancos, rosés, champanhes, espumantes e vinhos doces elaborados por mais de 40 produtores da América do Sul e Europa.

Além das Casa dos Frios, a família atua nos restaurantes Porto Ferreiro, Alphaiate, Garrafeira, Ferreiro Café e Tio Armênio, além dos bares Boteco e Bar do Neno.

Licínio sempre defendeu a ideia de que cada uma das casas tivesse um perfil diferente, e isto é o que garante o bom funcionamento delas. “Existe muita concorrência. Para cativar o público certo é preciso oferecer algo único. Cada estabelecimento precisa de um diferencial e saber melhorá-lo com o passar dos tempos, para que os clientes não enjoem da fórmula, o foco precisa ser o cliente sempre. Para isso é preciso estar atento às tendências e preferências do seu público-alvo”, dizia Licínio.

Paralelo aos restaurantes, Licínio Dias também atuava como distribuidor de bebidas e artigos importados em toda Região Nordeste. E prestava consultoria de mercado para quem deseja ter atuação no setor de bebidas.

ACERVO JC IMAGEM
Licínio Dias Filho - FOTO:ACERVO JC IMAGEM

Comentários

Últimas notícias