Cenário econômico em Pernambuco, no Brasil e no Mundo, por Fernando Castilho

JC Negócios

Por Fernando Castilho
castilho@jc.com.br

Informação e análise econômica, negócios e mercados

Coluna JC Negócios

Recife Alto Astral, Recifolia, Festival de Inverno. Cadoca deu grande contribuição ao turismo de Pernambuco

A morte de Cadoca talvez seja uma boa oportunidade de lembrá-lo com essa marca: Alguém que disse que o Recife é festa. O Recife gosta de folia.

Fernando Castilho
Fernando Castilho
Publicado em 13/12/2020 às 9:40
Notícia
ALEXANDRE BELEM/ACERVO JC IMAGEM
Carlos Eduardo Cadoca. Grande incentivador do turismo de Pernambuco - FOTO: ALEXANDRE BELEM/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

O nome oficial de Carlos Eduardo Cintra da Costa Pereira só servia para se apresentar formalmente. Cadoca, que nos deixou neste domingo 13 de dezembro, virou marca e depois nome eleitoral de um dos personagens que o pernambucano mais relaciona ao turismo e a promoção da cidade do Recife.

Formado na escola do velho PCB, de onde saíram Byron Sarinho (também ja falecido) e Raul Jungmann, Cadoca foi vereador do Recife e, chamado pelo então prefeito Jarbas Vasconcelos, implantou um ousado projeto de valorização do destino Recife que o ajudou a fortalecer sua carreira política.

O nome de Cadoca acabou relacionado a um Carnaval fora de época, o Recifolia, que estava dentro de uma serie de ações que turbinaram o Recife, mas também Pernambuco.

Claro que isso se deu a partir de um momento da gestão Jarbas Vasconcelos em que a percepção de limpeza, trânsito mais organizado e cuidados com a cidade ajudavam. Mas Cadoca conseguiu, de fato, motivar o tarde turístico turbinando a ocupação hoteleira.

DAYVISON NUNES/JC IMAGEM
CASAL SIMPATIA Berenice e Cadoca Pereira, daqueles que fazem a diferença - DAYVISON NUNES/JC IMAGEM
Foto: Reprodução / Facebook
Cadoca quando assinara ficha de filiação ao solidariedade - Foto: Reprodução / Facebook
Foto: JC Imagem
Deputado federal pcadoca sempre esteve ligado ao setor de Turismo embora tenha dado uma grande contribuição na formulação do Prodepe. - Foto: JC Imagem
NE10
A pesquisa é uma encomenda do PT. O Instituto é o Vox Populli. Ao sondar a simpatia dos eleitores em relação a um partido político,  32% dos consultados declararam tê-la pelo Partido dos Trabalhadores. Quatro pontos percentuais em relação a uma pesquisa semelhante realizada em 2009. O Instituto também consultou os eleitores sobre a marca dos partidos. Novamente o PT aparece bem para 72% dos consultados que o veem como o mais moderno e  81% como um partido forte. Na pergunta sobre qual partido teria políticos mais honestos, é o PT que vem na liderança na escolha de 15%. - NE10
NE10
Cadoca na Câmara dos Deputados - NE10

Eleito governador, Jarbas Vasconcelos levou Cadoca para a secretaria de Desenvolvimento Econômico onde ele talvez tenha dado sua maior contribuição a economia de Pernambuco.

A reestruturação do PRODEPE- Programa de Desenvolvimento do Estado de Pernambuco, cuja finalidade é atrair e fomentar investimentos na atividade industrial e no comércio atacadista de Pernambuco, mediante a concessão de incentivos fiscais e financeiros.

Com a colaboração de ao menos dois executivos pernambucanos, (Paulo Drummond, do Grupo Cornélio Brennand e Américo Pereira, do Rapidão Cometa), a SDEC construiu um modelo de captação de investimentos que virou referência.

Até hoje as linhas centrais escritas por Cadoca com a ajuda de Drummond e Pereira estão em uso tendo apenas sido atualizadas.

A implantação do Prodepe ajudou a Pernambuco iniciar uma fase de captação de grande investimentos privados. Como o Tecon-Suape chamando a atenção dos investidores para o Porto de Suape.

Cadoca na secretaria estadual também manteve seu foco no Turismo consolidando Recife como um polo de turismo de negócios ancorado no Centro de Convenções.

E verdade que entre 1999 e 2006, o Centro de Convenções tinha uma condição muito mais competitiva do que hoje, mas o Governo do Estado conseguiu criar uma política que funcionou.

Cadoca aproveitou-se desse prestígio, tanto que se reelegeu várias vezes, mas a sua imagem esteve sempre relacionada a tempo em que promoveu o Recife como destino turístico.

E esta talvez seja mesmo sua maior contribuição. Passar para o recifense um sentimento de pertencimento de uma cidade festeira e que gosta de sair de casa seja para fazer política, seja para se divertir. O recifense gosta de “se aglomerar” nas ruas, para usar um termo proibido nesses tempos de isolamento provocado pela covid-19.

E por isso a morte de Cadoca seja uma boa oportunidade de lembrá-lo com essa marca: Alguém que disse que o Recife é festa. O Recife gosta de folia.

DAYVISON NUNES/JC IMAGEM
CASAL SIMPATIA Berenice e Cadoca Pereira, daqueles que fazem a diferença - FOTO:DAYVISON NUNES/JC IMAGEM

Comentários

Últimas notícias