Informações e dicas para cuidados do seu bicho de estimação, seja ele um gato, cachorro, pássaro ou peixe de aquário, além de dicas de alimentação, adestramento, saúde e outros serviços
Meu Pet

Fique por dentro das novidades do mundo pet e confira as melhores dicas para cuidado de gatos, cachorros e outros bichinhos de estimação

SAÚDE

Seu pet está vomitando e com diarreia? Nem sempre o problema é alimentar

Confira uma lista de problemas que podem causar diarreia e vômito nos pets

Paloma Xavier
Paloma Xavier
Publicado em 03/01/2022 às 20:40
PIXABAY
Desconforto gastrointestinal dos pets pode estar relacionado a doenças adquiridas no ambiente - FOTO: PIXABAY
Leitura:

Ver o pet passando mal é uma situação de tirar o sossego de qualquer tutor. Sintomas como vômito e diarreia podem dar a impressão de que o desconforto do bichinho é temporário, mas nem sempre é assim. Apesar de muitas vezes os sintomas estarem associados a motivos simples (como comer algo que não deveria), a questão pode estar relacionada a problemas maiores, como doenças.

Confira uma lista de problemas que podem causar diarreia e vômito nos pets:

Verminoses

O desconforto gastrointestinal dos pets pode estar relacionado a doenças adquiridas no ambiente, como a infecção por giardia ou a giardíase. A infecção pelo parasita pode ser tratada com remédio para giárdia específico para os pets.

Se a causa dos sintomas forem os vermes, a recomendação é tratar com vermífugos. Mas é preciso ter certeza de que o pet está com vermes, já que o remédio não tem efeito preventivo. E dependendo do tipo de parasita, o tratamento tem orientações específicas.

Inflamações

Outro fator que pode desencadear diarreia e vontade de vomitar nos pets são as inflamações. Algumas delas ainda não têm causa certa, como a doença inflamatória intestinal. Neste caso, existe a possibilidade de ser decorrente de uma mudança no perfil de bactérias intestinais.

Medicamentos

O uso de medicamentos por um período maior pode provocar perda de apetite, vômito e diarreia no pet. Isso porque anti-inflamatórios convencionais podem diminuir a produção de muco protetor no estômago. Alguns anti-inflamatórios são produzidos visando minimizar esses efeitos colaterais. O quadro precisa ser acompanhado por um veterinário para orientações adequadas ao paciente.

Prevenção

É recomendado ao tutor levar o pet ao veterinário regularmente, independentemente do bichinho apresentar sintomas ou não.

Além disso, algumas estratégias que ajudam na prevenção de doenças dos pets são oferecer uma alimentação de qualidade ao bichinho, com água potável disponível e uma rotina de atividade física. Dessa forma, é possível cuidar da saúde como um todo.

Comentários

Últimas notícias