Romoaldo de Souza

Governo de Brasília anunciou avaliação para identificar prejuízos na alfabetização das crianças

Secretaria de Educação do DF informa que a decisão está fundamentada em nota técnica da entidade Todos Pela Educação que revela situação "extremamente delicada", em função da pandemia da covid-19

Romoaldo de Souza
Cadastrado por
Romoaldo de Souza
Publicado em 10/02/2022 às 8:40
NE10
NO BRASIL Prática de os pais ou responsáveis educarem crianças e adolescentes em casa é adotada por cerca de 35 mil famílias, diz Aned - FOTO: NE10
Leitura:

A notícia que chega da Secretaria de Educação do Distrito Federal é para ser aplaudida de pé. O Governo de Brasília anunciou uma novidade que diz respeito a uma avaliação diagnóstica, para identificar os prejuízos no aprendizado dos alunos no campo da alfabetização das crianças.

A Secretaria de Educação do DF informa que a decisão está fundamentada em nota técnica da entidade Todos Pela Educação que revela situação “extremamente delicada”, em função da pandemia da covid-19.

“Houve um aumento de 66,3% no número de crianças de 6 e 7 anos de idade que não sabe ler e escrever. O número passou de 1,4 milhão em 2019 para 2,4 milhões em 2021”, afirma o comunicado do GDF. “O foco do início do ano letivo é a recomposição das aprendizagens perdidas durante a pandemia”, diz o comunicado do GDF. As provas serão realizadas em meados de março.

Essa avaliação que será feita na rede pública de ensino do Distrito Federal chega em boa hora, porque nem todos os estudantes tiveram a mesma oportunidade de acesso aos conteúdos. Seja por falta de infraestrutura, seja por condições financeiras que não permitiram os pais e responsáveis irem buscar os conteúdos com os educadores. Enfim, nunca é demais ter um diagnóstico o mais próximo possível da realidade para harmonizar o currículo sem prejudicar os alunos.

Pense nisso!

Comentários

Últimas notícias