VIDEOGAME

PlayStation, Xbox e Nintendo vendem mais e faturam bilhões

O crescimento global do mercado de console em 2020 chegou a 19%, comparado ao ano anterior

Julio Costa Neto
Cadastrado por
Julio Costa Neto
Publicado em 09/04/2021 às 11:17 | Atualizado em 05/05/2021 às 15:24
PIXABAY
A medida efetiva a redução das alíquotas do IPI de 30% para 20% para consoles e máquinas de jogos de vídeo - FOTO: PIXABAY
Leitura:

O mercado das vendas de consoles segue mais forte do que nunca. A grana está rolando solta para as principais empresas Sony, Microsoft e Nintendo. Só para se ter uma ideia, o faturamento ultrapassou a marca dos 50 bilhões de dólares, em 2020. Sendo mais preciso, a indústria estabeleceu um novo recorde de US$ 53,9 bilhões. Quase 300 bilhões de reais, de acordo com o Ampere Analysis.

Comparado ao ano de 2019, o crescimento global chegou a 19%, um salto gigantesco se analisarmos que estamos passando pela pandemia da Covid-19. Nesse período muita gente procurou não economizar e gastou até o que não podia.

“Comprar jogos nesse período de pandemia foi mais um investimento do que uma despesa. Passar esse lockdown jogando videogame com a família foi prazeroso”, revela o bancário Alexandre Holanda, de 33 anos.

Williams Ramalho, de 38 anos, afirma que em 2020 foi o período em que mais comprou jogos. “Eu e meu filho preenchemos o tempo vago com muitas rodadas de videogame. Nesse período de isolamento social era o que tinha para se fazer”, confessa o empresário.

Mais cauteloso, o radialista, Ricardo Luís, de 40 anos procurou economizar um pouco. Ele trocou a mídia física pela mídia digital na hora de finalizar a compra. “Busquei equilibrar o orçamento. Acabei pegando os jogos na conta da plataforma digital da PlayStation Plus, mas continuei consumindo sim”, revela.

As empresas Sony, Microsoft e Nintendo vibraram com o consumo dos amantes dos games. Elas seguiram liderando as vendas, principalmente dos consoles, ocupando os três lugares mais altos do pódio. Na terceira posição, ficou com o Xbox One (Microsoft) com 23% do faturamento. O videogame teve uma pequena queda nas vendas de 1% com relação ao ano anterior, mas ainda está entre os queridinhos da garotada.

“Apesar de ser da época do Super Nintendo, Mega Drive e Turbo Game, deixei meu filho Renato que escolheu. Ele ficou super a vontade na hora de optar pelo Xbox One”, diz Williams Ramalho.

Reprodução/Acervo pessoal
Renato Zidane e Williams Ramalho - Reprodução/Acervo pessoal

A Nintendo ficou com a segunda colocação. Conquistou 31% do mercado em 2020, com 26 milhões de unidades vendidas do Nintendo Switch. O game é o quinto na lista da empresa, comercializando 79,87 unidades.

O crescimento do console não é uma novidade para Alexandre Holanda, de 33 anos. Para o bancário, o Nintendo é o preferido por conta da exclusividade nas franquias do Super Mario, Pokemon e Super Smash Bros. Ultimate, além de ser uma plataforma portátil.

“Ele une diversão e praticidade. Nossos filhos podem jogar em longas viagens ou em locais de campo, onde não tem televisão disponível. Sem contar com a interação em até 8 pessoas”, diz.

Reprodução/Acervo pessoal
Alexandre Neto e Alexandre Holanda - Reprodução/Acervo pessoal

O número 1 do pódio, é o PS4 da Sony, representando 46% do mercado de consoles. E olhe que em 2019 a empresa vendeu 49%, uma perde de três pontos percentuais. Ricardo já teve PS1, PS2, PS3 e atualmente joga o PS4 ao lado do filho André Luís, de 14 anos.

“Desde de criança sempre tive com meu irmão vários consoles. Hoje com meu filho degustamos os da Sony. Além do sistema vou também pela estética dos aparelhos. Eles sempre se encaixam bem no ambiente da casa”, sugere.

O empresário, Douglas Queiroz é proprietário de cinco lojas de games em Paulista, Olinda, Recife e Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco. Ele avalia positiva as vendas, mesmo com alguns clientes optando pela compra na internet. “Realmente 2020 foi superior a 2019, e os números só não foram melhores por conta da pandemia que de certa forma interferiu no desemprego”.

Analisando já no faturamento de 2021, Ampere Analysis acredita que mercado continue crescendo e a estimativa é que passe dos US$ 58 bilhões nas vendas. E se associarmos com a chegada dos consoles da nova geração: PS5 e Xbox Series X/S o salto pode surpreender ainda mais.

Os jogos também venderam bem, viu?

Em 2020, os jogos digitais tiveram 67% em vendas, superando os 59% de 2019. A PlayStation também levou vantagem, com 50% da fatia. Com relação a mídia física, os chamados jogos na caixa, a Nintendo é a grande campeã. Inclusive com os títulos mais procurados: Mario Kart 8 Deluxe, Animal Crossing: New Horizons e Super Smash Bros. Ultimate.

Mais novidades sobre games:

Blog: juliocostaneto.com.br | Instagram: @juliocostaneto | Twitter: @julionetocosta | Youtube.com/julioneto

Reprodução/Acervo pessoal
Alexandre Neto e Alexandre Holanda - FOTO:Reprodução/Acervo pessoal
Reprodução/Acervo pessoal
Renato Zidane e Williams Ramalho - FOTO:Reprodução/Acervo pessoal

Comentários

Últimas notícias