Vítima de violência terá prioridade na emissão de RG e carteira de trabalho

Raphael Guerra
Raphael Guerra
Publicado em 11/06/2019 às 11:10
Lei vale para as mulheres vítimas de violência doméstica. Foto: Internet
FOTO: Lei vale para as mulheres vítimas de violência doméstica. Foto: Internet
Leitura:
[caption id="attachment_5776" align="alignnone" width="742"]"" Lei vale para as mulheres vítimas de violência doméstica. Foto: Internet[/caption]Pernambuco deu um novo passo para ajudar no empoderamento das mulheres vítimas de violência doméstica e família. Uma lei estadual, sancionada nessa segunda-feira (10), determina que as as vítimas terão prioridade na emissão de carteiras de identidade (RG) e de trabalho.A prioridade de atendimento poderá ser solicitada mediante a apresentação do termo de encaminhamento de unidade da rede estadual de proteção e atendimento às mulheres em situação de violência, da cópia do Boletim de Ocorrência e do termo de medida protetiva expedida pelo Juiz da Comarca.De acordo com estatísticas da Secretaria de Defesa Social (SDS), 39.945 casos de violência doméstica foram registrados em 2018 no Estado. Desse total, 19.925 foram no Interior. Nos primeiros quatro meses deste ano, 14.145 ocorrências já foram contabilizadas.LEIA TAMBÉMDelegacias da Mulher fechadas nos horários em que elas mais precisam

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias