Polícia

Com isolamento, cresce número de pessoas baleadas em casa no Grande Recife

Segundo a plataforma Fogo Cruzado, pelo menos 33 homens e mulheres foram vítimas da violência armada dentro de residências nos últimos dois meses

Raphael Guerra
Raphael Guerra
Publicado em 25/05/2020 às 8:02
Notícia
JC Imagem/Arquivo
Número de homicídios cresceu nos últimos meses em Pernambuco - FOTO: JC Imagem/Arquivo
Leitura:

O isolamento social, necessário ao combate do novo coronavírus, elevou os crimes registrados dentro de casa. Além da violência doméstica, o número de pessoas atingidas por tiros também cresceu nos últimos dois meses. Segundo o Fogo Cruzado, plataforma que contabiliza a violência armada na Região Metropolitana do Recife, 33 pessoas foram baleadas dentro de residências entre 21 de março e 20 de maio deste ano. Já no mesmo período de 2019, foram 21 registros.

A dona de casa Lindaci Cordeiro da Costa, de 47 anos, e o filho, Vanderson Costa dos Santos, fazem parte dessas estatísticas. A mulher estava em casa com o marido e o filho, quando homens armados invadiram o local e atiraram nos três. Só o marido de Lindaci sobreviveu. O crime foi registrado no último dia 11, no bairro de Santo Aleixo, em Jaboatão dos Guararapes. Até agora, não foi esclarecido. 

HOMICÍDIOS CRESCEM

Nos quatro primeiros meses do ano, os assassinatos em Pernambuco cresceram quando comparados com o mesmo período de 2019. De acordo com balanço da Secretaria de Defesa Social (SDS), 1.311 pessoas foram mortas entre janeiro e abril deste ano. No mesmo período de 2019, foram 1.207 vidas perdidas. O aumento foi de 8,6%. 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias