Segurança

Grupo denuncia déficit de policiais militares em Pernambuco e cobra convocação

Candidatos aprovados no último concurso da PM estão na fila de espera aguardando convocação do Governo do Estado

Raphael Guerra
Raphael Guerra
Publicado em 08/07/2020 às 8:46
Notícia
JC Imagem/Arquivo
Promessa da SDS é convocar, anualmente, 500 novos policiais militares - FOTO: JC Imagem/Arquivo
Leitura:

Um grupo de candidatos aprovados no concurso mais recente da Polícia Militar de Pernambuco voltou a denunciar o déficit de profissionais na corporação. Segundo eles, o Estado deveria contar com 26.865 PMs nas ruas, mas, atualmente, o número é pouco superior a 17 mil. Os dados foram levantados com base no Portal da Transparência.

Nas redes sociais, os candidatos aprovados pedem a convocação para o curso de formação da PM. De acordo com eles, cerca de 1,4 mil pessoas estão na fila de espera - número que pode ajudar bastante a diminuir o déficit de policiais e garantir mais segurança à população. Vale destacar que, nos últimos meses, a violência armada subiu, mesmo com o isolamento social por causa da pandemia do novo coronavírus

A coluna Ronda JC entrou em contato com as assessorias da Secretaria de Defesa Social (SDS) e da Polícia Militar de Pernambuco. Em nota oficial, a SDS afirmou que "espera contar com os remanescentes do Concurso para Polícia Militar de Pernambuco de 2019, certame que, inclusive, teve um número de convocados acima da quantidade de vagas oferecidas".

A nota informou ainda que, "em face da pandemia, que veta a reunião de alunos em cursos de formação, assim como as perdas de receitas decorrentes desse período, as convocações da SDS estão sendo avaliadas, já que uma das premissas da gestão estadual é atuar com responsabilidade em relação às contas públicas e medidas sanitárias".

A SDS não se pronunciou sobre os números revelados pelo grupo de candidatos aprovados, mas disse que desde 2015 já convocou 4.770 novos policiais militares para as fileiras da corporação, entre praças e oficiais. "Além disso, outros 2.059 profissionais foram convocados para ingressar nas Polícias Civil e Científica, assim como no Corpo de Bombeiros Militar", afirmou a nota.

LEIA TAMBÉM

SDS estuda contratar policiais militares temporários em Pernambuco

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias