VIOLÊNCIA SEXUAL

Por semana, 11 mulheres são vítimas de estupro em Pernambuco; Número é subnotificado

Mulheres com idades entre 18 e 29 anos são as principais vítimas desse crime no Estado

Raphael Guerra
Cadastrado por
Raphael Guerra
Publicado em 27/06/2022 às 18:40
Diego Nigro/JC Imagem
Casos de estupro contra mulher ainda se multiplicam no País - FOTO: Diego Nigro/JC Imagem
Leitura:

O caso da atriz Klara Castalho, que teve sua vida exposta no último fim de semana e acabou revelando ter sido vítima de estupro, traz de volta a discussão sobre a violência sexual contra a mulher. Em pleno ano de 2022, esses crimes ainda se multiplicam por todo o País. 

Somente entre janeiro e maio deste ano, 252 mulheres foram vítimas de estupro em Pernambuco. Isso significa que, em média, 11 casos foram registrados pela polícia toda semana.

Mas o número de casos subnotificados ainda é alto, porque muitas mulheres - por medo ou vergonha, por exemplo - não registram boletim de ocorrência. E seus estupradores ficam impunes pelos crimes. 

Os principais alvos dos crimes de estupro são mulheres entre 18 e 29 anos. Ao todo, nos primeiros cinco meses do ano, 124 vítimas procuraram a polícia.

Outras 108, com idades entre 30 e 64 anos, também registraram queixa. Há ainda nove casos de abuso sexual com idosas a partir dos 65 anos. E 21 registros de vítimas que não tiveram as idades informadas.

Se comparado com o mesmo período de 2021, as estatísticas mostram uma diminuição de registros de estupro - reforço aqui que há subnotificação. Ao todo, entre janeiro e maio do ano passado, a polícia somou 289 boletins de ocorrência de mulheres.

CASOS DE ESTUPRO POR MUNICÍPIO

Recife lidera entre os municípios de Pernambuco com maior número de casos de estupro - cujas vítimas são do sexo feminino (incluindo crianças e adolescentes). Foram 170 registros. 

Petrolina, no Sertão do Estado, aparece em segundo lugar. Ao todo, 55 queixas. Em terceiro, Jaboatão (no Grande Recife), com 51 notificações. 

 

 

Comentários

Últimas notícias