MACARRÃO

Não é invenção dos italianos: saiba como surgiu o macarrão

Caseiro ou industrializado, o macarrão é presença obrigatória na mesa de quase todos os cidadãos do mundo

Lívia Karolline
Lívia Karolline
Publicado em 10/03/2021 às 17:40
Notícia
FOTO: TV Jornal
Receita de Macarronada Montada do chef Rivandro França - FOTO: FOTO: TV Jornal
Leitura:

Ninguém sabe ao certo quem inventou o macarrão. Muitos povos estão envolvidos, desde assírios, babilônios e até mesmo chineses. Mas, a primeira referência de macarrão cozido e mais próxima ao ocidente está no Talmud de Jerusalém, o livro que traz as leis judaicas, do século V antes de Cristo. O itriyah dos antigos hebreus era uma espécie de massa chata usada em cerimônias religiosas.

A versão mais aceita pelos historiadores diz que os árabes levaram a massa à Sicilia no século 9, quando conquistaram a ilha, considerada a maior da Itália. Porém, na versão mais comum e conhecida, o macarrão teria chegado ao ocidente pelas mãos de Marco Polo, mercador veneziano que visitou a China no século XIII.

E desde então, os italianos foram os maiores consumidores e divulgadores do alimento por todo o mundo, inventando mais de 500 variedades de tipos e formatos.

Origem

Pode esquecer a parte que diz que o macarrão foi trazido para a Itália por Marco Polo, pois a massa da forma que conhecemos, foi descrita pela primeira vez em 1154 pelo geógrafo árabe Idrisi como sendo uma iguaria comum na Sicília, o que nos leva a deduzir que a massa já era conhecida por lá antes mesmo da chegada de Marco Polo.

Além disso, as primeiras informações concretas sobre macarrão foram datadas no século XIII e XIV. Mais precisamente em 1279 (16 anos antes do retorno de Marco Polo), quando foi registrada uma cesta de massas no inventário de bens de um soldado genovês chamado Ponzio Bastione.

A palavra usada na descrição é macaronis, derivada do verbo maccari, palavra de um antigo dialeto da Sicília cujo o significado é "achatar".

Mesmo com toda essa confusão, uma coisa é certa: na Renascença, o macarrão já fazia parte da vida italiana. Um livro de culinária publicado em 1475, informava que a massa deveria ser cozida pelo tempo de três “Padre Nossos” deixando claro que a apreciação da massa, pelo menos no começo, era para os ricos.

Coisa que durou cerca de 200 anos, pois em Nápoles, no final do século XVII, as massas passaram a se tornar o principal alimento da dieta da plebe, já que os grandes proprietários de terras no Reino de Nápoles ou na Sicília vendiam trigo a um preço relativamente barato.

Mudanças ao longo da história

Durante muito tempo o macarrão foi uma receita caseira. Mas com a crescente procura, passou a ser produzido em padarias e pouco depois, começou a ser industrializado.

Com o passar do tempo, a receita foi mudando, tanto no tempero quanto na forma de cozimento, dependendo muito também da região. No Brasil, a introdução do macarrão coube aos imigrantes italianos, que chegavam principalmente na região Sul no século XIX.

O prato fez sucesso no Brasil, tanto por ser barato quanto por ser de fácil preparo. Nenhum outro prato estrangeiro teve tanta aceitação nas terras tupiniquins quanto o macarrão.

Faz parte da nossa dieta e está presente em praticamente todas as mesas. O queridinho quase sempre está acompanhado de molho de tomate. Mas nem só de molho industrializado vive o homem, pois o chef Rivandro França, do Sabor da Gente, tem uma dica parar preparar um molho de tomate caseiro saboroso e prático:

Variedade

Existem mais de 500 formatos de macarrão. Catalogar todos eles é uma tarefa difícil, uma vez que a maioria dos tipos são de preparo caseiro das 'nonas italianas'. Falemos então das massas mais conhecidas, podendo ser divididas em massas longas, massas para sopa, massas curtas, massas para rechear e massas recheadas. Exemplificando:

Massas longas – espaguete, tagliatelle, talharim;
Massas para sopas – letras, pevides, aletria;
Massas curtas – fusilli, farfalle, búzio, penne e gnocchi;
Massas para rechear – lasanha, canelone, ravioli;
Massas recheadas – tortellini, agnolotti.

Curiosidades

Acredita-se que a primeira máquina de fazer macarrão nos EUA foi comprada por Thomas Jefferson, em 1789. Depois disso, ele inventou seu próprio aparelho.

Os formatos do macarrão variam para que ele possa se adequar a vários tipos de molho, sendo as formas finas e longas ideais para molhos mais líquidos, enquanto as formas mais trabalhadas combinam com molhos mais encorpados.

Existe um museu do macarrão, em Roma.

A primeira fábrica de macarrão dos EUA foi criada em 1848.

No dia 25 de outubro é comemorado o Dia Internacional do Macarrão.

Receitas com Macarrão preparadas no Sabor da Gente

Quem não gosta de apreciar um belo prato de macarrão? E depois de aprender a preparar seu próprio molho, nada mais justo do que aprender a preparar algumas massas. Você confere abaixo algumas receitas com macarrão preparadas pelo chef Rivandro França:

Uma Massa Supimpa

Ingredientes

1 pacote de massa (fusilli/macarrão parafuso)

2 xícaras de carne moída

1 xícara de chá de bacon em cubos

1 tomate em cubinhos

1 cebola roxa

5 fatias de bacon

1 xícara de queijo manteiga ralado

1 pacote de azeitona sem caroço

1 xícara de molho de tomate

1 pimentão vermelho

1 pimentão amarelo

1 colher de sopa de alho triturado

1 colher de sopa de colorau

Coentro, sal, manjericão a gosto

Modo de Preparo

Doure o alho no azeite e em seguida coloque as verduras para refogar;

Logo após, adicione o bacon em cubos deixe dourar; acrescente um pouco de caldo de carne ajustando o sal;

Em seguida coloque a carne moída e ajuste a quantidade de caldo;

Assim que pegar temperatura acrescente a massa e vai mexendo lentamente;

Para finalizar coloque o molho de tomate, as fatias de bacon frita decorando com o queijo, azeitonas e manjericão, leve ao forno só para derreter o queijo ou use o maçarico.

Lasanha de Berinjela

Ingredientes

2 berinjelas médias, descascadas e cortadas em fatias finas

2 tomates sem pele e sem sementes, picadinhos

1 cebola média ralada

1 colher (chá) de folhas de manjericão

1 colher (café) de orégano

2 colheres de azeite de oliva

Páprica picante a gosto

3 ovos

1 lata de cerveja tradicional

1 xícara de ricota amassadinha

2 colheres (sopa) de parmesão ralado

sal a gosto

1 colher de sopa de alho

Pimenta e coentro a gosto

Caldo de legumes

Modo de Preparo

Tempere as fatias de berinjela com alho e pimenta.

Coloque 1/2 colher (sopa) de azeite em uma frigideira antiaderente.

Empane as fatias de berinjela com a preparação de trigo com cerveja e panko.

Frite as fatias e reserve.

Tempere as ricota ao seu gosto.
Coloque uma camada de berinjelas, uma de ricota, uma de tomate cortado em rodelas, seguindo outra de berinjela até terminar, de preferência com a camada de berinjelas.

Faça um molho refogando a cebola, o tomate, as ervas e os temperos.

Se necessário, acrescente um pouco de água.

Despeje o molho por cima da lasanha e polvilhe com queijo ralado.

Leve ao forno por 15 minutos.

Macarronada Montada

Ingredientes

1 litro de água

1 pacote de macarrão espaguete

Sal a gosto

1 kg carne moída

Óleo

1 colher de margarina

1 cebola grande

2 tomates maduros

Coentro a gosto

1 lata de extrato de tomate

1 lata de milho verde e ervilha

2 xícaras de queijo muçarela ralado

1 xícara de presunto

1 pacote de queijo ralado parmesão

Modo de Preparo

Coloque a água com o sal para ferver. Enquanto isso prepare o molho.

Quando a água ferver acrescente o macarrão e deixe por 10 minutos no fogo.

Depois escorra o macarrão e lave em água fria.

Refogue o macarrão já cozido em 1/2 colher de margarina e depois junte ao molho.

Mexa muito bem para todo o macarrão ficar coradinho.

Para o molho

Corte a cebola e os tomates (sem as sementes) em pedaços médios.

Coloque um pouco de óleo e 1/2 colher de margarina em uma frigideira, deixe esquentar.

Acrescente a cebola. Quando a cebola estiver murcha, acrescente os tomates e o coentro mexa e deixe mais um pouco no fogo. Misture o extrato de tomate, desligue o fogo e deixe esfriar. Depois de esfriar bata tudo no liquidificador até tornar-se um molho homogêneo.

Coloque novamente no fogo, para ferver junto com o milho, a ervilha e a carne moída.

Participe da nova temporada do quadro Ô de Casa do Sabor da Gente

Já imaginou receber o Chef Rivandro para cozinhar na sua casa? Então faça agora a sua inscrição na nova temporada do quadro Ô de Casa! Basta clicar aqui ou preencher o formulário abaixo e aguardar o contato da produção do Sabor da Gente.

Comentários

Últimas notícias