Boletim

Pernambuco registra menor média de mortes por coronavírus em quase seis meses

Última atualização do Estado contabilizou mais 584 novos casos da covid-19 e mais 11 óbitos

Thiago Wagner
Thiago Wagner
Publicado em 10/10/2020 às 16:08
LEOPOLDO SILVA/AGÊNCIA SENADO
Estado totaliza 8.469 vítimas fatais pela doença, segundo boletim epidemiológico diário da Secretaria de Saúde do Estado (SES-PE) - FOTO: LEOPOLDO SILVA/AGÊNCIA SENADO
Leitura:

Após nova atualização dos números da pandemia de coronavírus neste sábado (10), Pernambuco chegou a sua menor média móvel de mortes em quase seis meses. Já contabilizando o último boletim, o Estado apresenta um média de 13 mortes, a menor desde o dia 14 de abril, quando o dado estava em 12. Na época, Pernambuco contabilizava 1.284 casos e 115 mortes. Hoje, os números estão em 152.998 quadros da doença e 8.408 mortes.

>> Bares do Recife são interditados por descumprirem protocolo de convivência com a Covid-19

Com esse dado em vista, o Estado está em tendência de queda nos óbitos pela covid-19 quando comparado com 14 dias atrás. A queda está em -43%. Lembrando que a média móvel contabiliza a média dos últimos sete dias (incluindo hoje) e é considerada a melhor maneira de se medir o avanço da doença no local segundo especialistas. Ela apresenta tendência de queda ou alta quando varia acima de 15%. Abaixo disso, é considerado a tendência de estabilidade.

>> Não é obrigatório vacinar 100% da população para conter covid-19, diz Ministério da Saúde

No que diz respeito aos casos, a média contabiliza 521 e apresenta uma tendência de estabilidade (+4%).

De acordo com o boletim deste sábado, foram confirmados 584 novos casos da covid-19. Entre os confirmados hoje, 36 (6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 548 (94%) são leves.

Também foram confirmados 11 óbitos, ocorridos desde 17 de agosto. Do total de mortes do informe de hoje, uma ocorreu em agosto, cinco em setembro e cinco foram registradas neste mês de outubro, nos dias 09, 08, 06, 05 e 03. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Comentários

Últimas notícias