pandemia

Após 51 dias de tendência de queda ou estabilidade, Pernambuco registra alta na média móvel de casos da covid-19

A última vez que Pernambuco registrou uma tendência de alta foi no dia 5 de setembro

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 27/10/2020 às 13:46
Notícia
JOHAN ORDONEZ/AFP
Pernambuco tem mais de 150 mil casos confirmados do novo coronavírus - FOTO: JOHAN ORDONEZ/AFP
Leitura:

Após Pernambuco apresentar tendência de queda ou de estabilidade no número de infectados pela covid-19 por 51 dias, nesta terça-feira (27), a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou 878 novos casos da doença. Com isso, a média móvel diária apresentou tendência de alta de 23%. A última vez que Pernambuco registrou uma tendência de alta foi no dia 5 de setembro, com 26%.

A média móvel é considerada o índice ideal para medir o avanço da pandemia em um local. Ela contabiliza a média dos últimos sete dias (contando com hoje) e compara com 14 dias atrás. Variações acima de 15%, seja para mais ou menos, indicam tendência de alta ou queda respectivamente. Já abaixo disso, indica estabilidade.

>> Com aumento nos casos graves e leves de covid-19, Recife admite flutuação em números da pandemia

>> Recife amplia horários em unidades de saúde na última semana de campanhas de vacinação

>> Covid-19: médicos alertam para aumento de casos no Recife

Dos casos confirmados nesta terça, 18 (2%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 860 (98%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 159.476 casos confirmados da doença, sendo 26.920 graves e 132.556 leves.

Óbitos

A SES-PE também confirmou 11 novos óbitos em decorrência da covid-19 e apresentou uma alta na média móvel de 19%. Diferente dos casos, os óbitos têm apresentado alta desde essa segunda-feira (26), quando a sequência de queda e estabilidade foi quebrada, com 21%.

Do total de mortes do informe, três ocorreram nos últimos três dias, sendo duas no domingo (25) e uma nessa segunda-feira. Os outros oito registros ocorreram entre os dias 3 e 2 de outubro. Agora, o Estado totaliza 8.575 mortes pela covid-19. 

Comentários

Últimas notícias