imunização

Mais 38 mil doses da vacina contra covid-19 CoronaVac chegam a Pernambuco

É o segundo lote da CoronaVac que chega ao Estado

JC
JC
Publicado em 25/01/2021 às 18:54
Notícia
Marcondes Correia/JC Imagem
Avião trazendo a vacina chegou ao Recife na tarde desta segunda-feira (25) - FOTO: Marcondes Correia/JC Imagem
Leitura:

atualizada às 20h53

Pernambuco recebeu, na tarde desta segunda-feira (25), mais 38.400 mil doses da vacina contra covid-19 CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. A aeronave da Latam que trouxe o imunizante, destinado aos profissionais da saúde, saiu do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, às 12h15, e chegou ao Aeroporto Internacional do Recife, na Imbiribeira, Zona Sul da cidade, por volta das 16h30.

>> Covid-19: em Pernambuco, vacinação dos idosos a partir de 85 anos deve começar nesta terça-feira

Este é o segundo lote da CoronaVac que chega ao Estado. No dia 18 de janeiro, Pernambuco iniciou a campanha de vacinação com 270 mil doses do imunizante. Segundo o governo, entre as doses recebidas nesta segunda, mais de 31,8 mil irão para os municípios e mais de 6,5 mil ficarão com o Estado para imunizar os profissionais da rede de urgência e emergência. 

Conforme explicou a gestão estadual, diferente do primeiro lote de 270 mil unidades monodoses, também para duas doses, a nova remessa vem em frascos com 10 doses. Isso significa que está previsto 5% de perda, beneficiando em duas doses em torno de 17,5 mil trabalhadores de saúde, que se somam aos 135 mil da primeira remessa. O quantitativo também deve ser utilizado para a primeira e segunda doses , que devem ser aplicadas com um intervalo de 2 a 4 semanas.

"Na primeira remessa, contemplamos 34% dos trabalhadores de saúde. Agora serão mais 6%, totalizando 40%. Esclareço que vamos proteger 100% da força de trabalho da saúde, temos que
passar essa segurança. Mas precisamos que o Ministério da Saúde encaminhe mais doses para que possamos beneficiar a todos. Enquanto isso, vamos fazer a ordem de prioridade, vacinando os
trabalhadores da linha de frente contra a Covid-19 e seguindo para outros da área da saúde a depender da realidade de cada rede municipal e objetivando manter a assistência à população até que todos sejam contemplados", reforçou o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo.

DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
Chegada do segundo lote da vacina CoronaVac a Pernambuco - DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
Chegada do segundo lote da vacina CoronaVac a Pernambuco - DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
Chegada do segundo lote da vacina CoronaVac a Pernambuco - DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
Chegada do segundo lote da vacina CoronaVac a Pernambuco - DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
POLÍCIA FEDERAL/Divulgação
Chegada do segundo lote da vacina CoronaVac a Pernambuco - POLÍCIA FEDERAL/Divulgação
DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
Chegada do segundo lote da vacina CoronaVac a Pernambuco - DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
Chegada do segundo lote da vacina CoronaVac a Pernambuco - DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
Chegada do segundo lote da vacina CoronaVac a Pernambuco - DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL
Marcondes Correia/JC Imagem
Chegada do segundo lote da vacina CoronaVac a Pernambuco - Marcondes Correia/JC Imagem
Marcondes Correia/JC Imagem
Avião trazendo a vacina chegou ao Recife na tarde desta segunda-feira (25) - Marcondes Correia/JC Imagem
Marcondes Correia/JC Imagem
Chegada do segundo lote da vacina CoronaVac a Pernambuco - Marcondes Correia/JC Imagem

Na madrugada desse domingo (24), desembarcaram em Pernambuco 84 mil doses da vacina da farmacêutica AstraZeneca e da Universidade de Oxford, desenvolvida em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e produzidas pelo Instituto Serum, na Índia. As doses chegaram ao Brasil no fim da noite da sexta (22), após acordo da Índia com o Ministério da Saúde, e começaram a ser distribuídas aos estados de maneira proporcional no sábado.

O transporte da CoronaVac é feito gratuitamente por meio do programa Avião Solidário, da Latam. Desde o dia 18, a companhia já realizou o carregamento de 749.282 doses da vacina e 35.500 doses da vacina de Oxford. A ação é parte do plano nacional de imunização e um pedido do Ministério da Saúde, por meio da VTCLOG e com o apoio da ABEAR (Associação Brasileira das Empresas Aéreas).

Ordem de prioridade para vacinação

De acordo com o Ministério da Saúde

  1. Trabalhadores da saúde, idosos a partir dos 75 anos e pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos e instituições psiquiátricas);
  2. Pessoas de 60 a 74 anos;
  3. Pessoas com as seguintes comorbidades: diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave.

Comentários

Últimas notícias