INSPEÇÃO

Resultado de vistoria do TCE-PE em estoque de kit intubação da Secretaria de Saúde só será divulgado posteriormente

A inspeção ocorreu para verificar os estoques dos medicamentos utilizados na sedação e intubação de pacientes com suspeita ou confirmação da covid-19

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 16/04/2021 às 20:50
Notícia
GUGA MATOS/ACERVO DO JC IMAGEM
O Tribunal de Contas de Pernambuco - FOTO: GUGA MATOS/ACERVO DO JC IMAGEM
Leitura:

A Central de Distribuição da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) passou por uma inspeção nesta sexta-feira (16) realizada por auditores da área de saúde do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE). A visita ocorreu após relatos de profissionais de saúde sobre a falta de medicamentos para sedar e intubar pacientes internados com suspeita ou confirmação da covid-19. 

>> "Não é para paciente algum estar acordando em leito de UTI em Pernambuco", diz secretário ao negar falta de medicamento do kit intubação

>> Brasil recebe 2,3 milhões de kits de intubação vindos da China

>> Ministro da Saúde diz que Estados devem se mobilizar por kit intubação

>> Espanha vai doar medicamentos do kit intubação ao Brasil

>> Covid-19: Todos os Estados e DF estão com 'estoque crítico' de 'kit intubação', aponta Saúde

O TCE-PE relatou que, durante a inspeção, foram verificados os estoques dos principais itens que compõem "o arsenal de opções para a adequada sedação dos pacientes nas unidades de terapia intensiva". Os auditores também analisaram procedimentos com fins de verificação da gestão patrimonial objetivando a racionalização do uso dos sedativos e analgésicos.

Os técnicos não informaram se a situação está regular ou irregular, pois a equipe técnica irá elaborar um relatório sobre a inspeção quando todo o trabalho for finalizado. Nas próximas semanas, o TCE-PE explicou que haverá outras inspeções in loco nas principais unidades de saúde de referência ao tratamento do novo coronavírus. Todo o trabalho conta com a participação de auditores de saúde e da Gerência de Contas da Capital. 

>> Pernambuco contabiliza mais 1.869 novos casos e 51 óbitos pela covid-19 nas últimas 24 horas

>> Covid-19: Criança de 7 anos está entre os 63 novos óbitos confirmados em Pernambuco nesta quinta

Secretário nega que há desabastecimento em Pernambuco

O secretário estadual de Saúde, André Longo, negou o desabastecimento dos medicamentos de sedação e intubação em Pernambuco. Longo comentou sobre o assunto nessa quinta-feira (15), durante coletiva de imprensa online.

"O Estado conseguiu fazer um estoque garantidor de medicamentos sedativos, de anestésicos, e de bloqueadores neuromusculares. Eu gostaria muito que esses médicos que citam isso [a falta dos medicamentos] que eles procurem os canais competentes para fazer a informação devida. Se está faltando medicação em algum local, se tem algum paciente que está em dificuldade é muito importante que esse relato chegue para Secretaria de Saúde (...) Não é verdade que Pernambuco não tem estoque, que está à disposição para ser visto (...)  Não é para paciente nenhum estar acordando em leito de terapia intensiva em Pernambuco", disse. 

 

 

 

Comentários

Últimas notícias