COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

"Situação é preocupante, e maio será um mês difícil", alerta secretário sobre alta contínua da covid-19 em Pernambuco

Ao avaliar os números da última semana, André Longo informou que houve aumento nos casos de síndrome respiratória aguda grave (srag), na solicitação de leitos de UTI e de enfermaria

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 06/05/2021 às 21:59
Notícia
IVISON GAMBARRA/SEI
"Estamos com muitos doentes pela covid-19 internados em leitos de UTI e enfermaria na nossa rede. Todo esse panorama mostra que precisamos reforçar a mensagem de que o cuidado ainda se faz necessário, pois qualquer deslize pode ser fatal", alerta o secretário André Longo - FOTO: IVISON GAMBARRA/SEI
Leitura:

Com estabilidade alta em todos os indicadores da covid-19 desde março, Pernambuco tem prorrogadas, até o próximo dia 23, as atuais medidas restritivas, como a redução do horário de funcionamento de atividades comerciais. "O momento ainda é muito difícil. O vírus continua entre nós em transmissão comunitária, e precisamos redobrar os cuidados. A situação é preocupante, e maio será um mês difícil, pois historicamente é um período de alta nas ocorrências de doenças respiratórias", frisou, nesta quinta-feira (6), em coletiva pela internet, o secretário Estadual de Saúde, André Longo.

Ao avaliar os números da última semana (25/4 a 1º/5), em comparação com a anterior (18/4 a 24/4), ele informou que houve aumento nos casos de síndrome respiratória aguda grave (srag), na solicitação de leitos de terapia intensiva (UTI) e de enfermaria. "Todo esse panorama mostra que precisamos reforçar a mensagem de que o cuidado ainda se faz necessário. Qualquer deslize pode ser fatal. A evolução da pandemia depende muito de nossas atitudes", reforçou. 

Desde o dia 26 de abril, o funcionamento do comércio de praia está permitido de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. A proibição, porém, está mantida nos sábados e domingos. Além disso, as atividades de maneira geral podem funcionar, nos fins de semana, até às 18h, para quem iniciar às 10h. Os estabelecimentos que abrirem às 9h só podem funcionar até as 17h. Nos dias de semana, as atividades econômicas continuarão com permissão para funcionar das 10h às 20h.

Por causa do Dia das Mães, os horários de funcionamento do varejo em Pernambuco serão alterados neste fim de semana. "A dinâmica de operação das lojas de comércio de bairro, de centro e dos shoppings será diferente nos dias 7, 8 e 9 de maio. Os estabelecimentos poderão funcionar das 8h às 20h na sexta-feira e no sábado. Já no domingo, das 8h às 18h", disse a secretária-executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça. Apesar de flexibilizar em relação aos horários, o governo pede que a população não relaxe diante das atitudes de prevenção à covid-19 durante as comemorações no domingo. O secretário André Longo reforçou os cuidados necessários. "Mesmo para quem já conseguiu se vacinar, é um risco se aglomerar e estar junto de pessoas que não fazem parte do convívio domiciliar. Mais uma vez, neste ano, a nossa prova de amor será manter o devido distanciamento das nossas matriarcas."

Comentários

Últimas notícias