pandemia

Com 1.120 casos confirmados da covid-19 nas últimas 24h, Pernambuco alcança menor média móvel diária desde janeiro

O indicativo é considerado a melhor forma de medir o comportamento da pandemia

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 23/07/2021 às 13:45
Notícia
NEIL HALL/POOL/AFP
Agora, Pernambuco totaliza 583.969 casos confirmados da covid-19 - FOTO: NEIL HALL/POOL/AFP
Leitura:

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta sexta-feira (23), 1.120 novos casos da covid-19 em Pernambuco. Com isso, o Estado contabilizou uma média móvel diária de 979 casos, apresentando uma tendência de queda nos números em -25%. É o menor dado registrado desde o dia 8 de janeiro, quando o Estado alcançou uma média móvel diária de 958 casos.

O indicativo, considerado a melhor forma de medir o comportamento da pandemia, contabiliza a média dos últimos sete dias (contando com hoje) e compara com 14 dias atrás. Variações acima de 15%, seja para mais ou menos, indicam tendência de alta ou queda, respectivamente. Já abaixo disso, indicam estabilidade.

>> Butantan entrega mais 1 milhão de doses de vacina contra covid-19

>> Covid-19: taxa de ocupação de UTI cai para 53%, e Pernambuco tem menor número de internados em seis meses

>> Recife baixa idade de vacinação contra a covid-19 para novos públicos. Veja detalhes

Entre os confirmados nesta sexta, 87 (8%) são casos de pessoas que desenvolveram Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), enquanto 1.033 (92%) são de pacientes com sintomas leves. Agora, Pernambuco totaliza 583.969 casos confirmados da doença, desde o início da pandemia, sendo 51.551 considerados como graves e 532.418 leves.

Óbitos

Também foram confirmadas 46 mortes pela doença, que ocorreram entre os dias 9 de agosto de 2020 e essa quinta-feira (22). O Estado agora totaliza 18.548 vidas perdidas para a covid-19. Os detalhes epidemiológicos dos pacientes serão repassados ao longo do dia pela SES-PE.

Com os novos dados, Pernambuco atingiu uma média móvel de 36 mortes nesta sexta-feira, apresentando uma tendência de estabilidade em -2%

Comentários

Últimas notícias