BOLETIM

Pernambuco tem menor média móvel de casos de covid-19 desde novembro de 2020 pelo 2º dia consecutivo

Indicativo atingiu o patamar de 857 nesta quinta-feira (29) - a última vez que esteve abaixo disso foi em 27/11/2020

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 29/07/2021 às 12:09
Notícia
TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Agora, Pernambuco totaliza 588.887 casos confirmados da doença, sendo 51.959 graves e 536.928 leves. - FOTO: TIÃO SIQUEIRA/JC IMAGEM
Leitura:

Pelo segundo dia consecutivo, a média móvel de casos de covid-19 em Pernambuco atingiu o menor patamar desde novembro de 2020. Nesta quinta-feira (29), o indicativo está em 857 - a última vez que esteve abaixo disso foi em 27/11/2020. Nessa quarta (28), a coluna Saúde e Bem-estar já havia noticiado que o mesmo indicativo estava em 888 - mais baixo desde 29/11/2020.

A média móvel é entendida como o índice ideal para medir o avanço da pandemia em um local. Ela contabiliza a média dos últimos sete dias (contando com hoje) e compara com 14 dias atrás. Variações acima de 15%, seja para mais ou menos, indicam tendência de alta ou queda, respectivamente. Já abaixo disso, indica estabilidade.

Assim, além de ter o menor índice em oito meses, a média móvel de infectados também apresenta queda há 13 dias, desde 17 de julho de 2021, com diminuição de -41% nesta quinta, quando foram confirmados mais 1.038 casos do novo coronavírus.

Entre os confirmados hoje, 58 (5,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 980 (94,5%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 588.887 casos confirmados da doença, sendo 51.959 graves e 536.928 leves.

Já a média móvel de óbitos (34) está em estabilidade (4%) nesta quinta, após testes confirmarem que a covid-19 foi a causa de 34 mortes ocorridas entre 26 de julho de 2020 e 28 de julho de 2021. Com isso, o Estado totaliza 18.736 mortes pela Covid-19.

Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

Ocupação de UTI abaixo de 50%

Pela primeira vez este ano, a taxa de ocupação dos leitos de terapia intensiva (UTI), dedicados a pacientes com sintomas de covid-19, fica abaixo de 50% em Pernambuco. O dado corresponde às vagas públicas de UTI reguladas pelo Estado. O anúncio foi feito, durante a coletiva de imprensa desta quarta-feira (28), pelo secretário Estadual de Saúde, André Longo. Atualmente Pernambuco possui 1.489 leitos de UTI voltados à assistência aos pacientes infectados pelo coronavírus, com 48% deles ocupados.

Comentários

Últimas notícias