COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Fundação Altino Ventura inaugura sede própria e se torna maior centro oftalmológico a prestar serviço público na América Latina

Com nova infraestrutura, a FAV pode ampliar a capacidade mensal de atendimento para até 70 mil pacientes e até 4 mil cirurgias oftalmológicas

Cinthya Leite
Cadastrado por
Cinthya Leite
Publicado em 05/11/2021 às 14:13 | Atualizado em 09/05/2022 às 16:33
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
NOVAS SALAS Mais de 500 pacientes serão operados por mês graças à inauguração do bloco cirúrgico - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Para marcar os 35 anos de atuação focados na saúde da população do Norte e Nordeste, em especial aqueles em situação de vulnerabilidade social, a Fundação Altino Ventura (FAV) inaugura, nesta terça-feira (9), a sede própria da instituição, localizada na Avenida Maurício de Nassau, no bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife.

Leia também: Serviço de terapia aquática é inaugurado, pela Fundação Altino Ventura, para pessoas com múltiplas deficiências

Com o novo espaço, a FAV passa a funcionar em um complexo hospitalar com 20 mil metros quadrados de área construída e se torna o maior centro oftalmológico a prestar serviço público na América Latina. A partir da nova infraestrutura, a instituição pode ampliar a capacidade mensal de atendimento para até 70 mil pacientes e até 4 mil cirurgias oftalmológicas.

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Com o novo espaço, a FAV passa a funcionar em um complexo hospitalar com 20 mil metros quadrados de área construída - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM

Com sete pavimentos, a sede própria é fruto de um sonho alimentado pela família Ventura por 35 anos. Ao longo de todo esse tempo, a instituição sempre funcionou em imóveis alugados. Após inúmeras campanhas de arrecadação de recursos e constante busca de apoio de parceiros nacionais e internacionais, a FAV conseguiu finalizar as obras da nova sede, orçada em cerca de R$ 30 milhões.

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Sede própria conta com moderno e completo centro diagnóstico com 33 salas de exames complementares - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM

Com 15 mil metros quadrados, a edificação conta com centro diagnóstico com 33 salas de exames complementares, setor de exames com 35 consultórios, bloco cirúrgico com 16 salas, centro administrativo, centro de estudos e pesquisas científicas, além de biblioteca e do Memorial Histórico da Fundação Altino Ventura.

Leia também: Coronavírus pode ser transmitido pelos olhos, diz oftalmologista

Vale frisar que o Complexo Hospitalar da FAV reúne também o Centro Especializado em Reabilitação Menina dos Olhos (CER IV) e o Centro de Fisioterapia Aquática e Multissensorial. 

FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
A partir da nova infraestrutura, a FAV poderá ampliar sua capacidade de atendimento mensal para até 70 mil pacientes - FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM

Instituição sem fins lucrativos, a Fundação Altino Ventura comemora seus 35 anos de atuação com foco na saúde da população do Norte e Nordeste, em especial aqueles em situação de vulnerabilidade social. Ao longo dessas mais de três décadas, a instituição já realizou mais de 17 milhões de procedimentos médicos e terapêuticos em 1,7 milhão de pacientes na sua sede, no Recife (capital pernambucana), e nas suas unidades de Jaboatão dos Guararapes (Região Metropolitana do Recife), Salgueiro e Serra Talhada, municípios do Sertão. 

Comentários

Últimas notícias