COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Coronavírus pode ser transmitido pelos olhos, diz oftalmologista

Médica explica que a infecção pode ocorrer quando o paciente toca nos olhos com as mãos infectadas pelo novo coronavírus

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 24/03/2020 às 16:53
Notícia
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
"A máscara não oferece uma proteção completa. As pessoas devem evitar o contato físico, o aperto de mão, o beijo, o abraço", orienta oftalmologista - FOTO: Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

Nesta época do ano, de muita umidade e calor, algumas doenças oculares são mais comuns no Brasil. Entre elas, estão conjuntivite, ceratite, alergias e especialmente viroses. Diante de um desses quadros, o oftalmologista deve verificar se o paciente apresenta outros sintomas, como problemas respiratórios, e ouvi-lo sobre viagens recentes para países ou regiões com casos de coronavírus. Isso porque é possível contrair a doença pelos olhos.

Como o contágio do coronavírus é direto, mais pelo contato entre as pessoas, há uma probabilidade de que o paciente seja contaminado pelos olhos. “Sabemos que a transmissão acontece pelos olhos, nariz e boca, mas os estudos ainda estão sendo desenvolvidos, pois a pandemia é recente. No entanto, é perfeitamente plausível que o coronavírus seja contraído pelos olhos”, alerta a oftalmologista Marília Coutinho, do Instituto de Olhos do Recife e especialista em oftalmologia geral, vias lacrimais e plástica ocular e orbita. 

Segundo a médica, isso pode ocorrer quando o paciente toca nos olhos com as mãos infectadas pelo novo coronavírus. “É por isso que a máscara não oferece uma proteção completa. As pessoas devem evitar o contato físico, o aperto de mão, o beijo, o abraço”, orienta. É importante ainda evitar tossir ou espirrar na mão. O ideal é usar um lenço de papel descartável e, se não tiver, usar o braço.

Se a pessoa estiver infectada, as gotículas da tosse ou do espirro vão ficar na palma da sua mão e, ao tocar os olhos, contaminá-los com o vírus ou, pior, contagiar outras pessoas ao fazer contato. “Gripes e outras viroses podem ser transmitidas assim, inclusive algumas infecções respiratórias têm chances de serem contraídas pelos olhos”, explica a oftalmologista.

Cuidados 

A suspeita de que o coronavírus pode ser transmitido pelos olhos já foi levantada pelo médico chinês Wang Guangfa, chefe do departamento de medicina pulmonar do Primeiro Hospital da Universidade de Pequim, que investiga a pandemia. O médico, inclusive, acredita ter contraído a doença por não usar óculos protetores durante uma visita a Wuhan, epicentro da doença.

Pesquisadores do Imperial College of London e da Universidade de Southampton, na Inglaterra, também consideram que essa forma de contágio é possível. Frente a essa possibilidade, o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) está orientando os oftalmologistas a serem criteriosos na anamnese e, diante de suspeita de paciente contaminado, proteger os olhos, o nariz e a boca e encaminhar o paciente para testes e observação.

Outros cuidados indicados pelo CBO, tanto para as pessoas quanto para oftalmologista e médicos em geral, é lavar bem as mãos e completar a higienização com álcool etílico a 70%. Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar. Evitar aglomerações e ambientes fechados. Não compartilhar objetos de uso pessoal. Evitar contato próximo a pessoas com a doença.

Comentários

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias