COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Fundação Altino Ventura dobrará vagas para cirurgias oculares

Serão realizadas cirurgias para o tratamento da catarata, do glaucoma e do estrabismo, além de outros procedimentos

Cinthya Leite
Cadastrado por
Cinthya Leite
Publicado em 23/03/2022 às 15:58 | Atualizado em 23/03/2022 às 16:54
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
NOVAS SALAS Mais de 500 pacientes serão operados por mês graças à inauguração do bloco cirúrgico - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

A população que necessita de cirurgia oftalmológica, pelo Sistema Único de Saúde (SUS), na Fundação Altino Ventura (FAV), conseguirá ter acesso ao serviço especializado num menor espaço de tempo. Isso será possível graças à inauguração, nesta sexta-feira (25), do bloco cirúrgico do novo Complexo Hospitalar da FAV, localizado no bairro da Iputinga, Zona Oeste do Recife.

Inicialmente, funcionarão três das 16 novas salas de cirurgia. Com isso, será possível dobrar o número de procedimentos: mais de 500 pacientes operados por mês. Serão realizadas cirurgias para o tratamento da catarata, do glaucoma e do estrabismo. Também serão feitos procedimentos de retina, plástica ocular e transplante de córnea, entre outros.

O bloco cirúrgico oftalmológico da FAV, que será o maior do Brasil, realizará procedimentos oftalmológicos de média e alta complexidade. Será possível realizar 20% das cirurgias oculares via SUS de todo o Brasil.

Quando estiver totalmente equipado, permitirá à instituição realizar cerca de 4 mil procedimentos cirúrgicos por mês, o que ajudará a reduzir significativamente a fila de espera dos pacientes.

Para conseguir acesso à FAV, o paciente deve se dirigir ao posto de saúde mais próximo da sua casa. O encaminhamento à unidade oftalmológica é feito pelo setor de regulação da Secretaria Estadual de Saúde.

Com o objetivo de adquirir equipamentos para as demais salas de cirurgia, a FAV informa que tem buscado o apoio dos parlamentares das bancadas estadual e federal de Pernambuco, pleiteando emendas
parlamentares, assim como doações de parceiros. 

Comentários

Últimas notícias