Campeões pernambucanos estão indefinidos

Circuito pernambucano de surfe teve sua terceira etapa com o Real Magia Itapuama Surf Festival

Alexandre Gondim
Alexandre Gondim
Publicado em 30/11/2021 às 16:06
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
Gabriel Farias venceu a Profissional do Real Magia Itapuama Surf Festival - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
Leitura:

O Real Magia Itapuama Surf Festival, terceira etapa do circuito pernambucano de surfe 2021, que aconteceu neste último fim de semana, 27 e 28/11, na Praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho, teve emoções dobradas. O evento que valia em dobro para a pontuação do ranking estadual e, dependendo das combinações dos resultados, já poderia garantir o título de campeão para surfistas de algumas categorias.

Os dois mil pontos com o primeiro lugar, que poderia ser uma grande vantagem ao atleta que estivesse em primeiro lugar no ranking, foram aproveitados pelos que precisavam de uma pontuação extra para se aproximar ao líder e deixar todas as categorias indefinidas para a última etapa, que acontecerá em Maracaípe a partir do dia 17 de dezembro.

ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
Thiago Silva voando para o pódio da Open - ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
 

Novos campeões se alternaram com lendas do esporte no pódio montado na praia onde um mar pequeno fizera com que os competidores usassem a velocidade de suas pranchas e seu condicionamento físico para tirarem as melhores notas. Aproveitou quem tinha os melhores equipamentos, que quando bem usados nesta condição de onda fazem muita diferença.

Jose Cláudio fez a maior pontuação de todas as finais para vencer a categoria Sub 18 e competiu também na final Open, mas não conseguiu achar boas rampas para voar e elevar sua nota para vencer Thiago Silva o campeão da Open, que desta vez usou as bordas e a rabeta de sua prancha para lhe levar ao lugar mais alto do pódio.

ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
José Cláudio ganhou a Sub 18 - ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE

Entre os profissionais, uma final só de Maraca boys, como são chamados os locais da praia de Maracaípe em Ipojuca, fez a disputa ser entre amigos. O líder do ranking Douglas Silva defendia a hegemonia contra Alan Donato, seu perseguidor feroz que está atrás dele no ranking por 90 pontos, o experiente luel Felipe e o não menos competente Gabriel Farias. Coube ao pai de Biel, Ray Farias o orgulho e a felicidade de carregar seu filho nos ombros e comemorar o primeiro título dele no circuito deste ano. "Alô Mamãe, Biel venceu" Diria Ray puxando seu famoso bordão.

ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
Cláudio Marroquim é o líder entre os Legends - ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE

O multicampeão Cláudio Marroquim fez duas finais, Legend e Grand kahuna, sagrando-se campeão na segunda e liderando o ranking da primeira. Disputou sete baterias, todas no domingo, para chegar ao final do dia feliz com a conquista e orgulhoso de contribuir com a evolução do surfe pernambucano como patrocinador e shaper da Real Magia que estava nos pés de vários finalistas como por exemplo nos pés do potiguar Junior Rocha que lidera as categoria Master e Gran Master

ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
Jhonatas Raphael trava um duelo particular com Luan Ferreyra no Circuito - ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE

Outro destaque do evento foi o paraibano Paulo Germano que venceu as categorias Grand Master e Kahuna onde é o líder do circuito e ocupa a quarta colocação na Grand Master.

Os outros campeões foram:

Sub 14: Victor Manuel
Sub 16: Jhonats Raphael
Longboard: Caio Santos
Sup Wave: Carlos Chalaça
Master: Maurício Bandeira
Universitário: Hugo Nascimento
Adaptado: Otávio Pino

A categoria feminina foi realizada em um evento paralelo na praia de Maracaípe e e até o fechamento dessa matéria eu não tinha recebido o resultado.

ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
Maurício Bandeira fez duas finais - ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE

Os líderes do ranking pernambucano 2021 após a terceira etapa são:

Sub 14: Victor Manuel (PE) - 3466 pts.
Sub 16: Jhonatas Raphael (PE) - 3900 pts.
Sub 18: Júnior Rocha (PE) - 3510 pts.
Open: José Cláudio (PE) - 3231 pts.
Master: Júnior Rocha (RN) - 3358 pts.
Grand Master: Júnior Rocha (RN) - 3356 pts.
Kahuna: Paulo Germano (PB) - 3282 pts.
Grand Kahuna: Fred Vilela (AL) - 3529 pts.
Longboard: Caio Santos (PE) - 2000 pts.
Legends: Cláudio Marroquim (PE) - 3620 pts.
Universitário: Ricardo Herick (PE) - 3529 pts.
Profissional: Douglas Silva (PE) - 3340 pts.
Adaptado: Otávio Mãozinha (PE) - 2800 pts.
SUP Wave: Carlos Chalaça (PE) - 2900 pts.

ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
Caio Santos foi o vencedor entre os longboarders - ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
Cearense Cardoso Junior esta sempre nas competições pernambucanas - ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
Carlos Chalaça o melhor entre os remadores - ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE
Hugo Nascimento venceu a categoria Universitária - ALEXANDRE GONDIM/@BLOGDOSURFE

 

Comentários

Últimas notícias