AVIAÇÃO

Recife terá voo direto para Porto Alegre e outras nove rotas no verão

Com o reforço das frequências, entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, o hub da capital pernambucana será o primeiro da Azul a recuperar a malha pré-pandemia

Mona Lisa Dourado
Mona Lisa Dourado
Publicado em 09/10/2020 às 0:45
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Em dias de pico, serão 75 decolagens para 31 destinos - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Além de dois novos voos para Caruaru e Serra Talhada, no interior de Pernambuco, a Azul anunciou nesta quinta-feira (8) novas rotas do Recife para outras oito cidades brasileiras na temporada de verão. Com o reforço das frequências entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, o hub da capital pernambucana será o primeiro da empresa a recuperar a malha pré-pandemia.

Até lá, o Aeroporto do Recife chegará a 75 decolagens em dias de pico para 31 destinos. O destaque é o voo inédito para Porto Alegre, o primeiro a estrear, no dia 9 de dezembro. Será a mais longa ligação doméstica do País, com duração de quatro horas e 20 minutos. Até então, Manaus detinha o título, com 4h15. A operação será feita com um Airbus A320neo, com capacidade para até 174 clientes.

>> Serra Talhada e Caruaru terão voos comerciais da Azul a partir de novembro; veja preços de bilhetes saindo do Recife

>> Hotéis lotados para o 12 de Outubro em Porto de Galinhas e outros destinos de Pernambuco

>> Programe-se para o feriadão do 12 de Outubro, com opções de roteiros nos arredores do Recife

>> Recife terá 72 voos extras para o feriadão do 12 de Outubro

Ainda em dezembro, serão lançadas conexões diretas para São José do Rio Preto (SP - 12/12), Goiânia (16/12), Ribeirão Preto (SP - 19/12) e Uberlândia (MG - 19/12). Em janeiro, é a vez de Palmas (1º/1), Vitória (1º/1) e Cuiabá (2/1). 

EFEITOS DA COVID-19

Apesar do otimismo com o hub do Recife, a Azul ainda não tem perspectiva de retomar os voos para fora do Brasil a partir da capital pernambucana. O mercado internacional representava 15% do negócio pré-pandemia, mas hoje está concentrada em Campinas (SP), com frequências para Lisboa, Fort Lauderdale e Orlando.

>> Pernambuco perde 1,2 mil empresas ligadas ao turismo e 108,9 mil empregos formais no setor durante a pandemia

Sob efeito da covid-19, em todo o País, a empresa opera com metade da capacidade (205 decolagens diárias para 89 destinos) em outubro, devendo chegar a 60% até o fim do ano. "Ainda queimamos R$ 2,5 milhões por dia. Até pouco tempo, eram R$ 3 milhões", diz o diretor de Relações Institucionais e Alianças da empresa, Marcelo Bento Ribeiro, referindo-se aos prejuízos trazidos com a crise, que levou a empresa a reduzir seu quadro de funcionários de 14 mil para 11 mil profissionais. O executivo não quantifica o número de demissões em Pernambuco, dizendo apenas que foram "poucas", porque predominou no hub local o corte de jornada e salários.

CONFIRA OS NOVOS VOOS


Recife-Serra Talhada: início em 11 de novembro com dois voos diários;

Recife-Caruaru: início em 11 de novembro com dois voos diários;

Recife-Porto Alegre: início em 09 de dezembro com um voo diário;

Recife-São José do Rio Preto (SP): início em 12 de dezembro com um voo semanal;

Recife-Goiânia: início em 16 de dezembro com um voo diário;

Recife-Uberlândia (MG): início em 19 de dezembro com um voo semanal;

Recife-Ribeirão Preto (SP): início em 19 de dezembro com um voo semanal;

Recife-Vitória: início em 01 de janeiro com um voo diário;

Recife-Palmas: início em 01 de janeiro com quatro voos semanais;

Recife-Cuiabá: início em 02 de janeiro com três voos semanais;

DIVULGAÇÃO
AZUL - FOTO:DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Programação de voos - FOTO:DIVULGAÇÃO

Comentários

Últimas notícias