PREPARAÇÃO

Solar Coca-cola abre 24 mil vagas em curso para primeiro emprego

As inscrições são gratuitas e trazem como pré-requisitos, além da idade, estar cursando ou já ter concluído o Ensino Médio

JC
Cadastrado por
JC
Publicado em 18/10/2021 às 11:34
AGÊNCIA BRASIL
Aulas começam na próxima segunda-feira (7) - FOTO: AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

Para proporcionar oportunidade de capacitação para o ingresso de jovens com idade entre 16 e 25 anos no mercado de trabalho, o Instituto Coca-Cola Brasil, em parceria com a Solar Coca-Cola, está com inscrições abertas, a partir desta segunda-feira (18), para o projeto Coletivo Online – versão 100% digital da Plataforma Coletivo Jovem. Durante cinco semanas, os participantes recebem 11 videoaulas e atividades para testarem seus conhecimentos no próprio celular.

As inscrições são gratuitas e trazem como pré-requisitos, além da idade, estar cursando ou já ter concluído o Ensino Médio. O programa online distribui conteúdos por meio do WhatsApp, permitindo que o jovem faça o curso de qualquer lugar, a qualquer momento. Ao longo da formação, os jovens vão ter acesso a temas como: plano de vida, planejamento financeiro, construção de currículo e preparação para processos seletivos.

Durante cinco semanas, os participantes recebem 11 videoaulas e atividades. Após a conclusão do curso, os jovens recebem certificado de conclusão e são direcionados para o cadastro no banco de vagas dentro da comunidade exclusiva do Coletivo.

A partir daí, eles estão aptos a concorrerem as vagas disponibilizadas por uma rede de 400 parceiros empregadores.

Em Pernambuco, o Movimento Pró-Criança, em parceria com a Solar Coca-Cola, está abrindo 700 vagas. O Coletivo Online foi lançado em outubro do ano passado com a proposta de capacitar o jovem para estrear no mercado de trabalho ou garantir sua recolocação, mesmo em meio à pandemia de Covid-19. Como alternativa às restrições impostas pela crise sanitária, o projeto adotou o WhatsApp como ferramenta de formação dos alunos.

Os interessados podem se inscrever através do site do coletivo. 


 

Comentários

Últimas notícias