Teatro

Peça 'Que Deus Sou Eu', de João Falcão, ganha sessões no Teatro Santa Isabel

Espetáculo é livremente inspirado na obra do texto de autoconhecimento indiano Bhagavad Gita

Márcio Bastos
Márcio Bastos
Publicado em 11/03/2020 às 10:13
Notícia
Flora Negri/Divulgação
Daniel Farias e Leandro Villa vivem Krishna e Arjuna na peça - Flora Negri/Divulgação
Leitura:

A peça Que Deus Sou Eu, escrita e dirigida por João Falcão, chega pela primeira vez ao Recife dias 14 e 15 de março, com sessões no Teatro Santa Isabel. O espetáculo é livremente inspirado na obra do Bhagavad Gita, clássico do autoconhecimento indiano, e acompanha o encontro entre Krishna e Arjuna em um campo de batalha.

A peça reflete sobre dilemas morais, autoconhecimento e o medo de seguir ante as incertezas da vida. A ação tem início minutos antes do começo de uma guerra, quando o guerreiro Arjuna contempla o front. Ao observar o exército adversário formado por membros da sua família, amigos e conhecidos, ele se questiona sobre suas escolhas e expressa o desejo de não lutar.

>> Na telona e no palco, protagonismo

>> João Falcão e Isadora Melo preparam espetáculo Dorinha, Meu Amor

>> João Falcão: "Sempre se tem o que melhorar"

Diante desta crise de consciência, Arjuna é iluminado diretamente pelo seu mestre e amigo Krishna, que o questiona sobre os motivos do seu desânimo, reflete sobre as consequências da não ação e o lembra da sua missão no mundo. Para interpretar o príncipe guerreiro e a personificação do Criador supremo, João Falcão convidou dois atores da nova geração, Daniel Farias e Leandro Villa (Krishna). 

Sobre o texto e o diretor

Que Deus Sou Eu é uma versão do espetáculo Dhrama, escrito e encenado por João Falcão e protagonizado por Alinne Moraes (Krishna) e Osvaldo Mil (Arjuna), há 13 anos, no Rio Janeiro. A segunda montagem do texto, traduzida em inglês, foi realizada em Nova York no circuito off Broadway pelo diretor Luca Bianchi, em 2014.

Com 46 peças e cerca de 40 anos de carreira, João Falcão é um dos diretores mais renomados do Brasil. Recifense, estreou nos palcos aos 22 anos com a peça Muito Pelo Contrário, em 1981, que escreveu e dirigiu. Entre seus trabalhos estão ainda Pequenino Grão de Areia, A Ver Estrelas, Mamãe Não Pode Saber, Dorinha Meu Amor e Dona da História.

Na televisão, João Falcão dirigiu sucessos como A Comédia da Vida Privada, Sexo Frágil e Clandestinos. No cinema foi co-autor do roteiro de O Auto da Compadecida, O Coronel e o Lobisomem e A Dona da História, além de ter dirigido obras como A MáquinaFica Comigo Esta Noite.

SERVIÇO

'Que Deus Sou Eu' - 14/03, às 20h, e 15/03, às 19h, no Teatro de Santa Isabel (Praça da República, s/n, Santo Antônio). Ingressos: R$ 80 (inteira); R$ 40 (meia-entrada) mediante apresentação de documento oficial com foto e R$ 50 (social) mediante a entrega de 1 kg de alimento na entrada. Vendas: https://bileto.sympla.com.br/event/64438 e bilheteria do teatro, que funcionará a partir de 04/03. Informações: 3355.3322

Comentários

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias