Música

Dulce María lança 'Tu y Yo', quarto single de 'Origen'

Cantora mexicana ainda conversou com o Jornal do Commercio sobre o novo projeto

Robson Gomes
Robson Gomes
Publicado em 22/05/2020 às 15:40
Notícia
MÁRIO MACIN/DIVULGAÇÃO
Dulce María prepara o lançamento do disco 'Origen', o quarto de sua carreira solo - FOTO: MÁRIO MACIN/DIVULGAÇÃO
Leitura:

Seu nome completo é Dulce María Espinosa Saviñón, mas o apelido atual também poderia ser Liberdade. A cantora mexicana de 34 anos, que ganhou o mundo ao participar da novela Rebelde e do fenômeno musical RBD, comemorou no último dia 11 de maio os dez anos do início de sua carreira solo com o single Inevitable. E nesta sexta-feira (22), a artista lançou nas plataformas digitais Tu y Yo, o quarto single de seu próximo álbum, intitulado Origen, um projeto, segundo ela, completamente autoral.

>> Romantismo e pop embalam o álbum 'DM', de Dulce María

>> Fãs marcam 'Show do RBD sem o RBD' em São Paulo

>> RBD para a internet com registro de reencontro 11 anos depois


Em entrevista ao Jornal do Commercio por conferência, Dulce María fez um balanço desta década e deu mais detalhes desta fase de sua carreira. “Aproveitei ao máximo cada etapa que vivi nesses dez anos. Foram momentos muito importantes de alegria, aprendizado, e agradeço a cada um que fez parte dessa história. Mas Origen é muito especial pra mim por ser idealizado totalmente por mim. Eu pensei nas fotos, na identidade, sonoridade... Todas as composições são minhas, trabalhei nele por dois anos e estou muito feliz de poder compartilhar com todos meus fãs agora”, afirmou.

Com um disco menos despretensioso comercialmente, a artista se sente mais segura para expor suas criações musicais que nasceram durante deste período. Tu y Yo, lançada nesta sexta-feira (22), por exemplo – além de ter sido escolhida por seus fãs em uma enquete lançada pela cantora – foi uma música que nasceu ainda para o seu disco de estreia como solista, o Extranjera (Universal Music, 2010): “Antes havia uma preocupação maior com o alcance das músicas. Preocupações da gravadora em fazer algo mais comercial. [...] E Tu y Yo é uma música que escrevi faz 10 anos e não entrou no meu primeiro CD. E assim como esta, as músicas de Origen são extremamente pessoais, compostas há muito tempo”.

Junto a Tu y Yo, Dulce lançou anteriormente os singles Me FuiMás Tuya Que Mía e Te Daria Todo, estas duas últimas gravadas ainda no período do RBD, mas que também são autorais. Todavia, elas ganharam novos arranjos, mais puxadas, inclusive, para o folk e o country, ritmos novos explorados em seu repertório. “Estas foram as primeiras canções que escrevi. Então nada mais justo que elas estivessem em Origen”, ressalta a cantora, revelando que este quarto álbum tem previsão de lançamento para Outubro e terá 11 faixas.

PANDEMIA

Ainda que esteja entregando um novo single em meio a uma pandemia mundial devido ao covid-19, Dulce se mostra consciente com a situação. “Não esperava lançar esta música agora, mas foi a forma que encontrei de me conectar com os fãs neste momento. Sempre vivemos esperando o momento certo, mas qual é realmente o momento certo? Tudo isso me fez pensar que o momento é o que estamos vivendo, o agora, não temos porque esperar. Mas eu peço que todos que possam: fiquem em casa, que é muito importante. Se cuidem, cuidem de sua saúde mental, leiam livros, tomem sol, é muito importante a vitamina D, vejam um filme, escute músicas, façam coisas que os fazem bem e estejam bem e esperemos tudo isso passar”, alerta.

Além da música, antes do isolamento social, a artista também estava prestes a ser vista novamente como atriz nas telonas do México protagonizando um novo filme. “É uma comédia romântica. A estreia seria este ano, mas devido à pandemia, acredito que já não será. O nome do filme até o momento é Como Anillo Al Dedo, e eu gravei no ano passado”, conta.

Dedicada cada vez mais a expor a sua identidade musical em Origen, o que o público pode esperar neste projeto é uma Dulce María mais dona de si, livre e independente, disposta a arriscar com sua essência e sentimentos mais autênticos que serão expostos nestas novas canções.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias